Concurso Banco Central: o Guia Completo para passar (com materiais!)

Concurso Banco Central

O Concurso Banco Central é uma das pérolas para os candidatos que buscam concursos com altas remunerações, no Serviço Público Federal.

Se você tem interesse em trabalhar no BACEN, podendo estar lotado em várias partes do país, leia este artigo até o final.

Aqui descrevo o passo-a-passo para você estudar corretamente, e esclareço dúvidas essenciais para quem sonha trabalhar no Banco Central.

Ao final do artigo, peço que deixe um comentário dizendo sua opinião sobre o que leu, além de pedidos de materiais e dicas complementares.

Vamos nessa!

O trabalho do Banco Central

Concurso BACEN

Antes de tudo, é essencial sabermos qual é o papel da instituição na qual você pensa em trabalhar o resto da sua vida.

Você conhece as atribuições do Banco Central?

Isso é fundamental para que não haja frustração após todo o esforço de passar no concurso.

Entre as principais atribuições do Banco Central destacam-se a condução das políticas monetária, cambial, de crédito e de relações financeiras com o exterior.

Ele também faz a regulação e a supervisão do Sistema Financeiro Nacional (SFN) e a administração do sistema de pagamentos e do meio circulante. O Banco Central é a instituição pública que supervisiona os bancos brasileiros.

Veja algumas notícias onde o Banco Central é citado, para ter uma noção das atividades dessa instituição:

Concurso BACEN Concurso BACEN Concurso BACEN

O BACEN foi criado pela Lei 4.595/64, que você pode acessar aqui.

O BACEN tem estruturas, onde você pode trabalhar, nos seguintes locais: Belém-PA, Belo Horizonte-MG, Curitiba-PR, Fortaleza-CE, Porto Alegre-RS, Recife-PE, Rio de Janeiro-RJ, Salvador-BA, São Paulo-SP e Brasília-DF.

Cargos do Concurso Banco Central

Cargos do Concurso Banco Central

O Banco Central geralmente abre concurso para três cargos: procurador, analista e técnico. Vamos tratar de cada um deles separadamente. Compreenda as atribuições de cada um deles:

Procurador do BACEN

O Procurador do Banco Central possui as seguintes atribuições:

  • A representação judicial e extrajudicial do Banco Central do Brasil;
  • As atividades de consultoria e assessoramento jurídicos ao Banco Central do Brasil;
  • A apuração da liquidez e certeza dos créditos, de qualquer natureza, inerentes às suas atividades, inscrevendo-os em dívida ativa, para fins de cobrança amigável ou judicial;
  • A assistência aos administradores do Banco Central do Brasil no controle interno da legalidade dos atos a serem por eles praticados ou já efetivados.

O último concurso para procurador foi em 2013, e exigiu curso superior em Direito, inscrição na OAB e comprovação de, no mínimo, dois anos de prática forense. O salário atual é de R$ 19.655,57 mil reais.

Analista do BACEN

Já o cargo de Analista do Banco Central possui as seguintes atribuições:

  • Formulação, execução, acompanhamento e controle de planos, programas e projetos;
  • Gestão do sistema de metas para a inflação, do sistema de pagamentos brasileiro e dos serviços do meio circulante;
  • Monitoramento do passivo externo e a proposição das intervenções necessárias;
  • Supervisão do Sistema Financeiro;
  • Elaboração de estudos e pesquisas relacionada;
  • Formulação e proposição de políticas, diretrizes e cursos de ação relativamente à gestão estratégica dos processos organizacionais;
  • Fiscalização das operações do meio circulante realizadas por instituições custodiantes de numerário;
  • Elaboração de relatórios, pareceres e de propostas de atos normativos relativos às atribuições previstas neste artigo;
  • Realização das atividades de auditoria interna;
  • Elaboração de informações econômico-financeiras;
  • Desenvolvimento de atividades na área de tecnologia e segurança da informação voltada ao desenvolvimento, à prospecção, à avaliação e à internalização de novas tecnologias e mercadologias.
  • Desenvolvimento de atividades pertinentes às áreas de programação e execução orçamentária e financeira, de contabilidade e auditoria, de licitação e contratos, de gestão de recursos materiais, de patrimônio e documentação e de gestão de pessoas, estrutura e organização;
  • Representação do Banco Central do Brasil junto à órgãos governamentais e instituições internacionais;
  • Atuação em outras atividades vinculadas às competências do Banco Central do Brasil.

Missão ampla, não é mesmo? Para concorrer uma vaga de Analista do Banco Central você precisará ter nível superior em qualquer área. A remuneração é de R$17.391,64 mil reais. Nada mal, não é?

Técnico do BACEN

Por fim, a carreira de Técnico do Banco Central. Veja as atribuições:

  • Desenvolvimento de atividades técnicas e administrativas complementares às atribuições dos Analistas e Procuradores do Banco Central do Brasil;
  • Apoio técnico-administrativo aos Analistas e Procuradores do Banco Central do Brasil no que se refere ao desenvolvimento de suas atividades;
  • Execução de atividades de suporte e apoio técnico necessárias ao cumprimento das competências do Banco Central do Brasil que, por envolverem sigilo e segurança do Sistema Financeiro, não possam ser terceirizadas;
  • Operação do complexo computacional e da rede de teleprocessamento do Banco Central do Brasil;
  • Supervisão da execução de atividades de suporte e apoio técnico terceirizadas;
  • Atendimento e orientação ao público em geral sobre matérias de competência do Banco Central do Brasil procedendo, quando for o caso, a análise e ao encaminhamento de denúncias e reclamações;
  • Realização de atividades técnicas e administrativas complementares às operações relacionadas com o meio circulante;
  • Elaboração de cálculos, quando solicitado, nos processos relativos ao contencioso administrativo e judicial;
  • Execução e supervisão das atividades de segurança institucional do Banco Central do Brasil, especialmente no que se refere aos serviços do meio circulante e à proteção de autoridades internas do Banco Central do Brasil;
  • Desenvolvimento de outras atividades da mesma natureza e nível de complexidade.

Para trabalhar como Técnico do Banco Central você precisará de nível médio, e receberá uma remuneração de R$6.882,57 mil reais.

O que estudar para o Concurso BACEN

Apostila Concurso BACEN

Agora vamos à parte prática da preparação para o concurso do Banco Central. Veja o que cai na prova de cada um dos cargos:

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO – PROCURADOR BACEN

  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Direito Econômico
  • Direito Financeiro
  • Direito Tributário
  • Direito Civil
  • Direito Processual Civil
  • Direito Empresarial
  • Direito Internacional Público e Privado
  • Direito Penal, Direito Processual Penal
  • Direito do Trabalho
  • Direito Processual do Trabalho
  • Direito Previdenciário

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO – ANALISTA BACEN

  • Língua Portuguesa
  • Língua Inglesa
  • Raciocínio Lógico
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Sistema Financeiro Nacional e Sistema de Pagamentos Brasileiro
  • Economia

(A depender da área do cargo de analista, outras disciplinas são acrescentadas no conteúdo programático. Basta dar uma olhada no edital).

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO – TÉCNICO BACEN

  • Língua Portuguesa
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Gestão Pública
  • Informática
  • Raciocínio Lógico Quantitativo

(A depender da área do cargo de técnico, outras disciplinas são acrescentadas no conteúdo programático. Basta dar uma olhada no edital).

Algumas dicas para a sua preparação

O Concurso do Banco Central possui um nível de concorrência e de dificuldade bem grande, já que aborda temas incomuns até mesmo na maioria dos concursos públicos.

A parte de conhecimentos específicos é o grande ponto sensível do conteúdo programático, e deve ser priorizado como o grande diferencial.

Em um concurso como o do BACEN é essencial que você estabeleça as seguintes práticas em sua preparação:

  • Definição de horário de estudo fixo diário (pelo menos de segunda a sexta)
  • Realização de simulados e resolução de questões de concursos anteriores
  • Estudo com o máximo de antecedência possível
  • Estudo do conteúdo programático ponta a ponta (sem deixar para trás nenhum tópico)

A seguir, você terá alguns materiais que serão essenciais para melhorar a qualidade da sua preparação para o Concurso Banco Central.

Materiais para o Concurso Banco Central

Apostilas Concurso Banco Central

Vou começar com alguns materiais básicos publicado aqui no blog, que estão fazendo sucesso com os nossos leitores.

São conteúdos simples, mas essenciais para não passar vexame na prova:

São assuntos fáceis. Mas se você não sabe realmente utilizá-los, pode ter problemas sérios na prova.

Além disso, pegue alguns materiais complementares em PDF:

Lembrando que todos esses materiais são complementares. Se você quer um materiais realmente completos, que podem lhe dar tudo que o edital pede, veja o conteúdo a seguir:

Apostila Concurso BACEN

Estudar por um material completo e atualizado, produzido especificamente para o Concurso BACEN é fundamental. Uma prova com o nível do Banco Central exige algum investimento em materiais diferenciados.

O que aprendemos neste artigo

Hoje nos dedicamos à análise do Concurso do Banco Central. Veja um resumo das informações:

Concurso Banco Central (BACEN)
EscolaridadeNível Médio e Superior
SaláriosEntre R$ 6.882,57 e R$ 19.655,57
DisciplinasPortuguês, Raciocínio Lógico, Economia, Direito Constitucional e Administrativo, Informática, Gestão Pública e outras

Também passamos dicas e indicamos materiais de estudo complementares e completos para um estudo de qualidade.

Agora preciso de você!

Finalizando, quero lhe pedir que deixe um comentário dizendo o que achou deste artigo. Pra mim é essencial contar com a sua participação.

Se quiser, deixe dúvidas sobre o Concurso BACEN!

Faço questão de ler cada comentário, e respondo na primeira oportunidade que aparece.

Até a próxima!