A primeira coisa que você precisa entender para fazer um Concurso Público

Adoro viajar. Quem compartilha desse hobby sabe muito bem como é importante planejar bastante antes de colocar a mochila nas costas e botar o pé na estrada. Com a internet e vários sites/blogs mostrando fotos e vídeos com indicações de bons lugares para viajar está bem fácil escolher algo com seu estilo. Aqui no Brasil tem uma região bem especial, que indico para qualquer um que goste de tranquilidade aliada a boa comida, História, belezas naturais e uma vida noturna ativa: o interior mineiro (Ouro Preto e demais cidades).

Mariana, Minas Gerais
Fotografia que fiz de uma igreja em Mariana, Minas Gerais

Mesmo com essas muitas ferramentas disponíveis, tenho bastante dificuldade para planejar minhas viagens. Não é raro que faça um cronograma de visitas a alguns museus, restaurantes, praias e rios mas não consiga cumprir completamente o roteiro. Por que isso acontece?

Simplesmente porque é muito fácil controlar o espaço, mas é muito difícil controlar o tempo. Você consegue capturar representações do espaço através de fotografias e vídeos,  mas como fazer isso com o tempo? Conseguimos dizer com bastante exatidão o espaço a se percorrer para chegar a algum lugar, mas temos muita dificuldade para sermos precisos em relação a quanto tempo isso leva. Por isso tenho a seguinte frase como uma das orientadoras de tudo que faço:

“O tempo é o único capital das pessoas que têm como fortuna apenas a sua inteligência” – Honoré de Balzac

A esta altura você já deve ter entendido que gerenciar o tempo é o seu principal desafio na trajetória para alcançar a aprovação em um Concurso Público.

O tempo dos outros candidatos

O tempo da concorrência no concurso

A primeira consideração sobre o tempo que você precisa fazer é perceber que entre o dia que você decidiu estudar e o dia da prova para o concurso você tem o mesmo tempo disponível que os demais candidatos, pelo menos em tese. Nesse sentido a competição é bastante igualitária, e o que diferenciará os candidatos, tornando-os aprovados ou não, é o que eles farão com esse tempo.

Quem for capaz de melhor gerenciar o tempo será o campeão. É como acontece com os corredores em uma competição olímpica: alguns conseguem dar um maior número de passos até chegar à marca final, e então, são consagrados com a medalha.

Conheça segredos para turbinar seus estudos!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente dicas surpreendentes sobre como estudar para Concurso!

Como vai o seu tempo?

Gerenciando seu tempo para o Concurso

É bom saber que você já entra no jogo do concurso com características que podem ou não lhe favorecer nessa jornada. Ou seja, há recursos e costumes possuídos por você que vão lhe ajudar ou não na gestão do seu tempo. Eles são basicamente três:

#1. Seu conhecimento prévio

Todos nós temos um arcabouço de conhecimento. Quanto mais temos já armazenados os conhecimentos cobrados em um Concurso Público, mais vantagem temos na gestão do tempo. Esse conhecimento prévio pode ter vindo da escola, do estudo para outros concursos e até de leituras informais.

#2. Suas ocupações 

Considere dois candidatos “A” e “B”, que farão determinado Concurso Público. O candidato A cumpre uma jornada de oito horas diárias em um trabalho e tem dois filhos para os quais precisa dedicar sua atenção quando chega do trabalho durante duas horas diárias. Considerando as horas de sono, alimentação e transporte praticamente não sobra tempo para ser gerenciado visando uma preparação efetiva.

Já o candidato B não trabalha nem tem filhos, lhe sobrando quase todo o dia para distribuir seus estudos. Por óbvio, o candidato B tem muito mais recursos a se explorar na sua preparação.

#3. Suas capacidades e estrutura

Você consegue se concentrar quando estuda? Quando se dedica a uma matéria consegue memorizar o conhecimento e responder bem às questões no dia da prova?  Você lê muito lentamente ou precisa ler várias vezes o mesmo assunto para conseguir fixá-lo? Seu ambiente de estudo favorecem suas necessidades? O material que você utiliza é adequado?

Responder a essas perguntas é fundamental para medir sua capacidade de aumentar a eficiência da sua preparação.

Planejando o curto, médio e longo prazo

Planejamento para Concurso Público

Estabelecido esse cenário, é preciso definir o que deve ser feito a curto, médio e longo prazo. Entendo por curto prazo tudo aquilo que você pode fazer para rentabilizar seu tempo em um dia. Essas são as mais difíceis conquistas, pois exigem disciplina e abnegação, e geralmente os candidatos não conseguem visualizar seus ganhos a longo prazo. Em breve vamos mostrar aqui no Segredos de Concurso algumas técnicas práticas para “esticar seu tempo” em um dia de maneiras que não gerem tédio e prejuízo às suas distrações.

Planejar a médio prazo é buscar eficiência em sua preparação entre o lançamento do edital do seu concurso e o dia da prova. Esse período vai de dois a seis meses, e é o tipo de planejamento que a maioria dos candidatos estão acostumados a fazer, mas de maneira bastante equivocada, geralmente. Também vamos mostrar como pensar esse tempo.

Por fim, o planejamento a longo prazo. Esta é a gestão de tempo bem anterior ao lançamento de edital, e até mesmo considerando a realização de mais de um concurso. Já vi candidato estabelecendo uma meta de três anos para ser aprovado em um concurso muito concorrido (tentando anualmente). Também é possível planejar seu tempo com esse foco tendo resultados bastantes positivos. Tudo isso você verá aqui.

O que aprendemos neste artigo

Neste artigo vimos como o tempo é o “senhor” da nossa ambição. Gerir esse recurso é o principal desafio para quem quer ser aprovado em um Concurso Público. Vale lembrar a frase de Balzac que citamos:

“O tempo é o único capital das pessoas que têm como fortuna apenas a sua inteligência” – Honoré de Balzac

Mostramos quais são as variáveis que devemos levar em consideração na gestão do nosso tempo (conhecimento prévio; ocupações; capacidade e estrutura) e quais os tipos de planejamento possíveis para fazer se tornar mais eficiente nos estudos (curto, médio e longo prazo).

Espero que este primeiro artigo tenha sido proveitoso, e peço que você deixe seu comentário com sugestões de conteúdo, dúvidas e críticas.

Até a próxima!

😉

  • Lucas Ribeiro

    Estou nesse caminho de médio a longo prazo, pois a carreira a qual escolhi, carreiras policiais, demanda um pouco mais de esforço e tempo para serem alcançadas. Muito boa as dicas! Parabéns!

    • É isso mesmo, Lucas. Vale muito a pena traçar metas claras e racionais. Abração!

  • Alcides

    Parabéns Danilo, achei espetacular sua iniciativa e claro as dicas proveitosas para os concurseiros, estou iniciando as minhas atividades, e é muito bom ter visões diferentes para que desta forma, moldarmos o planejamento e execução deste processo.

    Grande Abraço

    Alcides

    • Que bom que gostou, Alcides. Temos muito conteúdo para publicar ainda. Continue nos acompanhando. Forte abraço!