Como ter uma rotina estável de estudo para Concurso

Rotina de Estudo para Concurso

Uma das maiores dificuldades entre candidatos a concurso público é conseguir uma rotina estável de estudo.

É muito fácil escolher o concurso dos seus sonhos, escolher materiais de estudo e anunciar que você está estudando para concurso. Mas estudar com constância e eficácia é a parte mais desafiadora.

Como ter a disciplina de estudar todos os dias, sem interrupções? Como conseguir um nível mínimo de aprendizagem em cada ciclo de estudos?

Vamos conversar um pouco sobre esses assuntos nesse artigo. Ao final, deixe um comentário falando sobre sua experiência em relação a esses aspectos.

A natureza da instabilidade

Instabilidade no estudo para concurso

A primeira coisa que precisamos fazer ao avaliar a estabilidade da nossa preparação é verificar a natureza das instabilidades que aparecem nos seus estudos.

Por que você não consegue estudar todo dia? Por que você estuda menos do que deveria? Por que, mesmo tendo tempo, a sensação é de que você não aprendeu nada?

Basicamente, existem duas categorias de instabilidade possíveis na sua preparação: instabilidades externas e instabilidades internas.

Entenda cada uma delas a seguir.

Instabilidades Externas

Instabilidade externa no estudo para concurso

Talvez você precise trabalhar para manter as contas da sua casa, e o tempo disponível para estudar fique bem escasso.

Pode ser que você tenha filhos pequenos, que demandam muita atenção e interrompem seu ciclo de estudos.

Ou então, você mora em um lugar muito barulhento, onde sua concentração fica comprometida durante o estudo.

Esses são exemplos de instabilidades externas, que não são causadas diretamente por você. Nesses casos, você precisará pensar em reformulações significativas no seu estilo de vida. Será preciso estar disposto a fazer mudanças que influenciarão na vida de terceiros.

Neutralizando instabilidades externas

Se você quer neutralizar esses contextos externos em que sua preparação é afetada, será preciso, primordialmente, dialogar.

Instabilidades externas estão diretamente ligadas a outras pessoas, e por isso será preciso uma dose de bom senso para negociar a melhoria do contexto.

Alguns exemplos de medidas que podem ser adotadas para reduzir as interrupções externas aos seus estudos:

  • Converse com seu chefe para reduzir a sua carga horária de trabalho. Que tal trabalhar 30 horas semanais (em vez de 40) e reduzir 25% seu salário? O tempo de folga pode ser bem utilizado para a a sua preparação.
  • Talvez as crianças possam ser cuidadas por algum familiar no seu período de estudo. Às vezes, sua esposa (ou marido) também gostaria de um tempo livre que pode ser “trocado” pelo seu tempo de estudo.
  • Se seu ambiente de estudo é inadequado, por que não estudar em uma biblioteca ou livraria? Se o problema é o barulho, outra opção é dialogar com os vizinhos.

Se você realmente priorizar os seus estudos, não será penoso se movimentar para alcançar condições ideais para uma preparação estável. Converse, negocie e alcance seu espaço rumo à aprovação.

Instabilidades internas

Instabilidade interna no estudo para concurso

Talvez não sejam outras pessoas as responsáveis pela instabilidade na sua preparação. É possível que motivacional e emocionalmente você esteja em conflito, e isso afete diretamente os seus estudos.

Há casos de concurseiros que procrastinam, e não conseguem sequer iniciar a estudar em alguns dias.

Outros, ao sentar para estudar, acham a atividade entediante, não veem prazer naquilo, e acabam deixando de lado os livros.

Também existem os candidatos que não conseguem memorizar ou se concentrar no conteúdo que estão estudando.

Como enfrentar as instabilidades internas? Veja algumas dicas:

  • Busque hábitos saudáveis, desde uma alimentação adequada até a prática de exercícios físicos. Todos os campos da sua vida influenciam seus estudos, e estar bem consigo mesmo é fundamental para estudar com plenitude.
  • Cultive pensamentos positivos. Reclamações e negatividades criam um ciclo de cansaço mental que dificilmente será superado quando você estiver estudando.
  • Tenha uma dieta de informações saudável. Candidatos que ficam horas lendo notícias desnecessariamente fatalmente estarão cansados no momento de estudar.
  • Use técnicas de memorização e leitura eficiente para não perder tempo.

Para superar os obstáculos internos, você precisará ter um alto grau de percepção de si mesmo. Se possível, anote as sensações e emoções sentidas no decorrer dos seus dias. Após avaliar com cuidado esses fatores, busque as soluções necessárias.

O que aprendemos neste artigo

Hoje buscamos compreender as razões que fazem com que sua rotina de preparação para um concurso público pode estar instável.

Vimos que as instabilidades podem ser de natureza externa e de natureza interna. Analisamos exemplos de instabilidades, e medidas para solucionar cada uma delas.

Agora preciso de você!

De que maneira você tem buscado tornar a sua rotina de estudos estável? Conte-nos quais técnicas, princípios e ferramentas você tem utilizado.

Pra mim é importantíssimo contar com a sua participação. Faço questão de ler cada comentário, e respondo na primeira oportunidade que surge.

Até a próxima!

😉