5 atitudes para mudar o rumo de seus estudos e ser aprovado

Ser aprovado

Estudar para um concurso público exige muito autoconhecimento. Sem saber se analisar, você pode estar simplesmente perdendo tempo com horas intermináveis de leitura e cursos, que muitas vezes não lhe dão o retorno necessário para fazer o que deve ser feito no dia da prova.

Quem conhece os outros é sábio. Quem conhece a si mesmo é iluminado – Lao Tsé

Algo que sempre sugiro aos candidatos a concurso público que oriento é o seguinte: você acredita que os seus estudos estão no caminho certo?

Responder com sinceridade é essencial para diagnosticar erros na sua metodologia de estudo. Além dessa análise subjetiva, para aferir a correção da sua preparação é fundamental tentar responder questões dos assuntos que você já estudou (de preferência, faça simulados). É muito comum que a opinião sincera, aquilo que você sente sobre você mesmo, seja demonstrada no desempenho ao responder questões.

Digamos que você sinta e descubra que os seus estudos não estão indo bem. O que fazer para modificar o trágico destino de quem estuda e não obtém resultados?

Neste artigo vou apontar 5 atitudes para mudar o rumo dos seus estudos, tornando sua preparação mais eficiente e levando-lhe a aprovação. Essas são práticas que vejo dar muitos resultados com boa parte dos candidatos. Vejamos:

Preocupações

Concurseiro preocupado

Talvez o problema na sua preparação não está na sua preparação. Como assim?

Dificuldades financeiras, conflitos em relacionamentos e perdas de pessoas queridas são motivos muito comuns em candidatos que não conseguem estudar bem. Há também aqueles que possuem preocupações artificiais, principalmente aquelas que não dependem de você para serem resolvidas.

Sou um admirador da oração dos alcoólicos anônimos. Leia com atenção e pense como sua confusão mental pode estar atrapalhando os estudos:

“Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não podemos modificar, coragem para modificar aquelas que podemos, e sabedoria para distinguir umas das outras.”

Como você aplicaria essa oração à sua vida? Você gasta energia tentando mudar coisas que não pode modificar? Você está se dedicando àquilo que realmente é importante?

Acredite: os resultados dos seus estudos dependem muito dos outros setores da sua vida. Nada em você é isolado. Você é inteiro. Cuide-se em todos os aspectos, e seus estudos serão bem melhores!

Distrações

Concurseiro distraído

Você sabia que o vício em mídias sociais como o Facebook e o Twitter tornam seus usuários mais compulsivos do que pessoas dependentes de álcool e cigarro? De acordo com uma pesquisa da Universidade de Chicago, é mais difícil deixar de chegar seus perfis do que se recusar a beber ou a fumar.

Muita gente estuda com o celular ao lado, perdendo o foco sempre que cada notificação aparece. O uso exacerbado de mídias sociais também tem nos levado a ser menos atenciosos, ter menos capacidade de concentração e ser menos produtivos. É óbvio que existem outros tipos de distração, mas posso falar com muita certeza de que esse é o maior problema dos concurseiros atualmente.

Uma dica para aferir seu nível de distração no celular (e o tempo que você perde por dia vendo Whatsapp, Facebook, Instagram, Twitter e outras redes) é instalar o aplicativo Break Free, que vai lhe dizer quanto tempo você passa no celular diariamente, e quais aplicativos e recursos do telefone você mais usa.

Ele também tem funções como bloquear chamadas de determinados contatos e desativar todas as notificações.

Ambiente

Ambiente de estudo para concurso

Você já parou para se perguntar porque o ambiente de uma clínica é diferente do ambiente de uma lanchonete, que por sua vez é diferente do ambiente de um bar? Objetos, cores, temperatura ambiente, nível de ruídos etc. Tudo é bem diferente a depender do objetivo do ambiente.

O que você busca quando está estudando? Seu ambiente de estudo está alinhado com os seus objetivos?

Conheça segredos para turbinar seus estudos!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente dicas surpreendentes sobre como estudar para Concurso!>

Sugiro que você faça alguns testes, como tentar estudar em um lugar externo à sua casa. Bibliotecas e cafés costumam ser bastante inspiradoras para alguns. Se não quiser sair de casa, mude de cômodo. Se quiser ficar no cômodo, tente novas posições para a sua mesa.

O mundo externo está bastante conectado com o nosso mundo interno. Nos sentimos bem em um lugar arrumado. Nos sentimos mal onde há bagunça e sujeira. Seja limpo, organizado

Material

Material para concurso público

Outro problema bastante comum na preparação de concurseiros é a utilização de materiais de estudo inadequados. Veja as dificuldades mais frequentes:

  • Materiais desatualizados.
  • Materiais muito aprofundados (fazendo você perder tempo).
  • Materiais muito superficiais (não lhe entregando a parte principal do conteúdo).
  • Materiais pouco atrativos (explicações maçantes).

LEIA: Como escolher a melhor apostila para seu Concurso – o Guia Definitivo.

De certo modo, aquela tradicional afirmação de que “quando o aluno não aprende, a culpa é do professor” faz muito sentido em alguns casos.

Fique atento em relação a suas fontes de estudo (busque preferencialmente aquelas que produzem conteúdo e materiais especificamente para o seu concurso).

Técnicas

Técnicas para Concurso Público

A técnica do concurseiro é o conjunto de práticas que ele utiliza para reduzir a quantidade de energia e tempo necessário para ser aprovado em seu concurso público. Técnicas de memorização, leitura, concentração e motivação são exemplos do que você pode fazer para gastar menos nos seus estudos.

Você utiliza esses recursos, ou simplesmente lê irracionalmente, achando que tudo vai entrar em sua mente um dia?

Leia essa pequena parábola para entender do que estou falando:

Conta-se que um jovem lenhador ficara impressionado com a eficácia e rapidez com que um velho e experiente lenhador da região onde morava, cortava e empilhava madeiras das árvores que cortava.

O jovem o admirava, e o seu desejo permanente era de, um dia, tornar-se tão bom, senão melhor, que aquele homem, no ofício de cortar madeira.

Certo dia, o rapaz resolveu procurar o velho lenhador, no propósito de aprender com quem mais sabia.

Enfim ele poderia tornar-se o melhor lenhador que aquela cidade já tinha ouvido falar.

Passados apenas alguns dias daquele aprendizado, o jovem resolvera que já sabia tudo, e que aquele senhor não era tão bom assim quanto falavam.

Impetuoso, afrontou o velho lenhador, desafiando-o para uma disputa: em um dia de trabalho, quem cortaria mais árvores.

O experiente lenhador aceitou, sabendo que seria uma oportunidade para dar uma lição ao jovem arrogante.

Lá se foram os dois decidir quem seria o melhor.

De um lado, o jovem, forte, robusto e incansável, mantinha-se firme, cortando as suas árvores sem parar.

Do outro, o velho lenhador, desenvolvendo o seu trabalho, silencioso, tranqüilo, também firme e sem demonstrar nenhum cansaço.

Num dado momento, o jovem olhou para trás a fim de ver como estava o velho lenhador, e qual não foi a sua surpresa, ao vê-lo sentado.

O jovem sorriu e pensou: Além de velho e cansado, está ficando tolo. Por acaso não sabe ele que estamos numa disputa?

Assim, ele prosseguiu cortando lenha sem parar, sem descansar um minuto.

Ao final do tempo estabelecido, encontraram-se os dois, e os representantes da comissão julgadora foram efetuar a contagem e medição.

Para a admiração de todos, foi constatado que o velho havia cortado quase duas vezes mais árvores que o jovem desafiante.

Este, espantado e irritado, ao mesmo tempo, indagou-lhe qual o segredo para cortar tantas árvores, se, uma ou duas vezes que parara para olhar, o vira sentado e tranqüilo.

Ele, ao contrário, não havia parado ou descansado nenhuma vez.

O velho, sabiamente, lhe respondeu:

Todas as vezes que você me via assentado, eu não estava simplesmente parado, descansando. Eu estava amolando o meu machado!

E você, está amolando o seu machado? Aqui no Segredos de Concurso você encontra dezenas de artigos com técnicas poderosas!

VEJA: Como estudar pouco antes da prova e conseguir a aprovação.

O que aprendemos neste artigo

Hoje aprendemos formas de tornar o seu estudo mais eficiente, a partir do momento em que você reconhece que sua preparação não está dando muito resultado.

Mostrei medidas práticas para você adotar, dando uma guinada no formato dos seus estudos.

Agora preciso de você!

Agora que chegamos ao final do artigo, preciso da sua ajuda: deixe um comentário dizendo o que achou das minhas dicas, e sugira outras formas de “virar a mesa” nos estudos para concurso público.

Para mim, nada é tão importante do que seu comentário aqui no blog. Me ajuda muito a continuar publicando conteúdo sobre concurso público.

Leio todos os comentários, e respondo na primeira oportunidade que tenho.

Até a próxima!

😉

  • Lorrana

    Boa tarde!

    Sabe Danilo, você tem sido uma grande fonte de inspiração para mim. Sempre quando estou desmotivando dos estudos, eis que você surge com algum artigo novo e revigorante. Obrigada pela sua atenção em compartilhar um pouco do seu tempo para ajudar as pessoas para que se superem neste caminho desafiador dos concursos públicos. Que Deus te ilumine cada dia mais neste belíssimo trabalho.

    Abraços.

    Lorrana.

    • Oi, Lorrana! Fico muito feliz por estar desempenhando esse papel. Minha grande recompensa são retornos como o seu. Abração!

  • Luma Gomes

    foi ótimo, Amei <3
    me ajudou bastante na minha Reta Final , irei reavaliar minhas técnicas e meu material didático. obg :*

  • Raphael Cutinho

    excelente, aprendi bastante em poucas palavras…obrigado pelas dicas, vou fazer uso delas, pois tenho certeza que vou obter êxito. Parabéns pelo artigo!

  • Liciane Kuspiosz

    Ótimas dicas…estou fazendo tudo errado… vou segui-las a partir de hoje.