5 verdades pouco ditas por quem passa num Concurso Público

Verdade sobre Concurso Público

O sonho de passar em um concurso público: vida nova, emprego novo, novo ambiente para conhecer pessoas e sociabilizar. Grana garantida todo mês, sustento próprio e da família, possibilidade de investimentos no longo prazo (comprar uma casa, carro, quem sabe um sítio ou casa na praia…). Quando olhamos para o futuro num emprego público, tudo isso vem à mente.

São projeções interessantes, que podem nos trazer bem-estar e evoluções significativas na vida. Conversando com pessoas que foram aprovadas em concursos públicos, todos esses pontos surgem como verdades mais ou menos reais entre as vantagens da vida após a aprovação.

Muitos também falam sobre o quanto se dedicaram e esforçaram estudando para o concurso. Horas a fio lendo conteúdos, respondendo questões, fazendo anotações… Dias, meses, anos de empenho para chegar no dia da prova e fazer o que deve ser feito para alcançar a aprovação. Uns preferiram estudar através de cursos online, outros através de apostilas, outros através de cursos presenciais… São várias as formas e formatos escolhidos para se preparar.

Mas resolvi investigar um pouco mais a trajetória de quem foi aprovado em alguns concursos públicos no Brasil, pessoas que ajudei de alguma forma durante o período de preparação e que já podem dar depoimentos na condição de candidato de sucesso. No contato com essas pessoas, encontrei um padrão bem definido de respostas, com experiências pouco reveladas entre os “gurus” do concurso público.

O resultado desses relatos você lê a seguir:

Ser multitarefa não é bom

Verdade sobre Concurso Público

Vivemos em um mundo onde somos submetidos a uma verdadeira enxurrada de informações. Fazendo um paralelo com a nutrição, podemos dizer que estamos criando mentes obesas. Assim como alimentos processados (como margarina, refrigerantes e biscoitos) nos dão uma quantidade de calorias que não encontramos na natureza em um alimento comum, gerando sérios problemas para a nossa saúde, informação (processada) em excesso também faz muito mal.

Estar na frente do computador, interagindo com um grupo do celular no WhatsApp ao tempo em que lê uma apostila, para a mente, é o equivalente a comer biscoito recheado acompanhado de refrigerante e sorvete para o seu corpo físico. Nesse último exemplo, você estará adquirindo calorias e engordando, mas sua saúde não terá ganhos.

Da mesma forma, ao trabalhar com várias fontes de informação ao mesmo tempo você vai estar em contato com muitos conteúdos, mas qual deles será assimilado de maneira consistente? Você está apenas deixando sua mente “gorda”, mas não saudável.

Por isso, quando estiver estudando, esteja isolado com um única fonte de informação. Você pode até ouvir aulas no ônibus ou no metrô, ou enquanto varre a casa, mas não aceite isso como a sua principal fonte de estudo. É preciso ter foco unidirecional.

“Danilo, eu não consigo ter foco! O que fazer?”. Calma!

É bastante comum que tenhamos ansiedade, que não consigamos nos concentrar, e que seja muito difícil focar apenas no assunto. Dei algumas dicas práticas sobre isso aqui e aqui. Tenha paciência com a sua mente: é como um exercício físico… Se você tiver obesidade, não será possível correr uma maratona neste momento. Mas treinar e evoluir é possível.

Propósito é mais importante que planejamento

A diferença entre propósito e planejamento

Organizar-se, ter um plano de estudos, definir horário para estudar, acompanhar o edital do concurso… Tudo isso são práticas recomendáveis e altamente eficientes para chegar à aprovação. Mas isso não substitui a determinação interna inquestionável de passar no seu concurso público.

Entre os concurseiros aprovados com quem conversei, foi muito comum ouvir que não se organizavam muito bem, que simplesmente sentavam e estudavam o máximo de tempo que podiam. Um deles disse: “eu sabia que precisava estudar. Então, estudei. Não tem muito segredo!”.

Mas esse é um grande segredo: ser um monomaníaco. Ter em si uma extrema motivação, colocando a preparação para o seu concurso como prioridade máxima. É isso que você deve buscar.

Repito: ter boas ferramentas e otimizar tempo é bem interessante. Mas não adianta ter criatividade organizacional sem “tesão” para estudar. O mundo dos concurseiros é habitado por vários planejamentos que nunca chegaram a ocorrer.

Se isso ocorre com você, talvez seja hora de buscar mais propósito, se conhecer melhor e então iniciar a preparação para o seu concurso público com os pés no chão.

Conhecimento não basta

Conhecimento para Concurso Público

Com o manual de uma bicicleta você pode aprender muito sobre o funcionamento dela, a forma de operar de cada peça, quais tipos de movimento são necessários para fazê-la andar, e por aí vai. Mas, caso você nunca tenha tido essa experiência, andar em uma bicicleta realmente é bem diferente de ler sobre uma bicicleta.

Não se engane: é assim também em um concurso público. O dia da prova é definitivo! Você vai precisar ter equilíbrio emocional, fluidez mental e capacidade de decisão e rápida. Como se diz no futebol, “treino é treino, jogo é jogo”.

Como fazer para reduzir a quantidade de estresse durante a prova? Se eu fosse você, faria concursos para testar seus conhecimentos mesmo que não tenha qualquer interesse na aprovação, mas para simular o ambiente de tensão do dia da prova.

Outra dica é fazer simulados com alto grau de realidade. Ensino a fazer isso aqui!

Muita gente chega a tremer, desmaiar, ter diarreia e coisas do tipo quando está fazendo a prova do concurso dos seus sonhos. É uma grande tragédia jogar meses e até anos de trabalho duro no lixo por conta da falta de preparo emocional.

Dinheiro não é tudo

Dinheiro para Concurso Público

Gostaria que você desse atenção especial a essa dica. É muito grande a quantidade de candidatos frustrados após passar no concurso público que almejava. De maneira geral, há uma expectativa não cumprida em relação ao ambiente em que trabalham, principalmente. Existe uma diferença entre o real e o ideal.

Isso porque o serviço público no Brasil tem algumas características nem sempre agradáveis. Por exemplo: há favorecimento político para a distribuição de alguns benefícios, o Estado nem sempre valoriza seus servidores, as estruturas e condições de trabalho nem sempre são as melhores. Basta olhar o que vem acontecendo em alguns estados do Brasil para perceber o quanto a aprovação em um concurso público não significa estar a salvo de instabilidades.

Por isso, certifique-se de que está disposto a seguir na profissão que você almeja. Você começa a ser funcionário público não quando passa no concurso, mas quando começa a estudar. Ou seja: agora!

Converse com atuais servidores do seu cargo. Busque notícias sobre sua instituição. Veja quais são as reivindicações e problemas apontados pelo sindicato da categoria profissional que você pretende fazer parte. Você pode mudar de ideia, ou aumentar o nível da sua motivação!

Lembre-se: você é humano!

O ser humano concurseiro

Você sentirá preguiça. Vontade de desistir. Medo. Alguns assuntos se mostrarão incompreensíveis. Você terá vontade de rasgar todo o seu material. O professor vai parecer chato e esnobe. Os concorrentes vão lhe provocar e você vai se sentir menor. Bem vindo ao reino dos seres humanos!

Se cada um desses aspectos servir para lhe desestimular e lhe levar à desistência é porque você ainda não tem a maturidade necessária para alcançar um objetivo significativo. Você é um ser humano, com falhas, e deve se compreender e ter compaixão consigo mesmo.

Apenas se aceite! Sorria das suas limitações. Dance com elas. Dê um passo atrás como impulso, para dar dois para a frente.

Não se pressione! Esteja sempre disposto a recomeçar.

O que aprendemos neste artigo

Hoje analisamos a fundo dicas dadas por concurseiros aprovados em vários concursos Brasil afora. Mostramos como você deve ser mais focado, cultivar um propósito, preparar-se emocionalmente para o seu concurso, evitar supervalorizar a questão financeira do seu cargo e respeitar seus limites enquanto ser humano.

Cada uma dessas dicas são frutos de experiências preciosas daqueles que já conseguiram nosso tão sonhado objetivo: a aprovação em um concurso público.

Agora preciso de você!

Para fechar com chave de ouro esse artigo, gostaria de lhe pedir um favor: deixe um comentário dizendo o que achou das dicas trazidas hoje.

Para mim é fundamental ter seu feedback, uma forma de saber como estou conduzindo as publicações aqui no Segredos de Concurso. Leio todos os comentários e respondo na primeira oportunidade possível.

Até a próxima!

😉

  • Lorrana

    Um dos melhores artigos que já li sobre concursos públicos. A realidade nua e crua que geralmente não é exposta. Ao escolher participar de um certame a grande maioria dos candidatos são levados a crer numa ideologia falsa de que nem “humanos somos mais”. É tanto conhecimento negativo que está arraigado em nossa sociedade que acaba interferindo na qualidade do desempenho de cada candidato que se permite influênciar. Sempre acompanho as suas publicações e como já comentei antes: “Você serve de inspiração.”
    Parabéns e obrigada por todo o incentivo.
    Lorrana

    • Eu que agradeço pelo comentário revelador, Lorrana. Um grande abraço!

  • Raiane PAULA RODRIGUES

    São dicas valiosíssimas, que, à propósito, nunca as havia lido em nenhum artigo! Parabéns pela sensibilidade!

  • Lilian M.

    Excelente artigo, Danilo! Comecei a estudar pra um concurso no ano passado, mas tive que dar uma parada devido às férias de minha filha…Agora, com seu retorno às aulas, pretendo recomeçar. Seu artigo me trouxe ânimo e esperança, tanto pelas dicas valiosas, como pela frase: “lembre-se que você também é humano”…Me cobro muito e, por não conseguir “dar conta do recado” devido às minhas limitações, muitas vezes acabo me frustrando e desanimando… Obrigada pelo incentivo!

    • Fico muito feliz que o texto tenha lhe ajudado a se enxergar melhor, Lilian. Siga em frente, sem cobranças excessivas. Se aceitando, no seu tempo. Abraço!

  • Emerson Sousa

    Muito bom artigo !! Me deu um ponto de partida para melhorar nos meus estudos.

    Parabens.

  • Ana Paula Rimoldi

    Estou estudando há 6 meses em curso presencial e em casa e confesso que são tantas coisas para estudar que fico desanimada e com medo de não conseguir absorver tudo. Hoje descobri seu blog e li vários artigos que me motivaram a encontrar um método de estudo que mais me identifico para que meus estudo flua.
    Muito obrigada por se dedicar a ajudar a todos que estão nessa caminhada, suas dicas são uma injeção de ânimo!!