Gestão Pública eficiente, eficaz e efetiva: aprenda definitivamente!

Gestão Pública eficiente, eficaz e efetiva

Hoje vamos estudar mais um tema de Noções de Administração para concurso, mais especificamente ligado à parte de Administração Pública, que é bastante frequente em editais Brasil afora.

Trata-se do tema Gestão Pública eficiente, eficaz e efetiva. Na verdade, vamos entender qual é a diferença entre esses três conceitos.

Você sabe o que é eficiência, eficácia e efetividade?

Embora sejam termos parecidos, eles possuem diferenças importantes, que dizem respeito à melhoria da gestão de uma organização – pública ou privada.

Caso surja alguma dúvida ao longo do texto, deixe um comentário para que possamos esclarecer.

Vamos lá!

O que é Eficiência

O que é eficiência

A palavra-chave para eficiência é custo-benefício. Quem faz algo de maneira eficiente, faz o que é certo e de maneira adequada.

Uma administração eficiente é uma administração que prioriza a otimização dos resultados. Os objetivos são alcançados de maneira hábil, usando o mínimo possível de recursos.

Para tornar-se eficiente você precisará alcançar alcançar o melhor resultado com o mínimo de gasto.

Um líder eficiente é capaz de coordenar, planejar e organizar o trabalho de seus subordinados da melhor maneira, respeitando a competência de cada um.

A capacidade de conduzir pessoas com eficiência é um grande diferencial, pois garante o aumento da produtividade, redução dos conflitos e aceleração dos resultados.

O uso de tecnologias, qualificação e motivação da equipe podem ser grandes diferenciais para alcançar maior eficiência.

Exemplo de Eficiência

Considere duas empresas que precisam produzir sapatos. A empresa 1 produz um par de sapato usando 20 horas de um funcionário. A empresa 2 produz o mesmo par de sapatos com 12 horas do funcionário.

Obviamente, a empresa 2 é mais eficiente que a empresa 1.

Eficácia

O que é Eficácia

A palavra-chave para entendermos o que é Eficácia é resultado. A eficácia busca fazer com que a organização atinja os objetivos previstos.

Não adianta uma empresa ter tecnologia avançada, funcionários capacitados e motivados se os resultados não são alcançados.

Um líder eficaz faz com que sua equipe se envolva diretamente com as metas e objetivos da organização. Para os colaboradores, seu sucesso pessoal está diretamente ligado ao alcance dos resultados da organização.

Essa é a lógica da distribuição de participação nos lucros de muitas empresas: se a organização alcança os resultados (o lucro, nesse caso), todos ganham proporcionalmente.

Exemplo de Eficácia

Considere dois trabalhadores que trabalham na produção de sapatos. O trabalhador 1 trabalhou durante 12 horas num dia, mas não conseguiu produzir nenhum sapato. O trabalhador 2 trabalhou durante 15 horas num dia, e conseguiu produzir um par de sapatos.

O trabalhador 2 foi mais eficaz nesse dia do que o trabalhador 1, pois a eficácia está diretamente ligada aos resultados alcançados (aqui, a produção de sapatos).

Efetividade

O que é Efetividade

A palavra-chave para Efetividade é otimização. Aqui há uma preocupação tanto com os resultados que devem ser alcançados como com os meios utilizados.

Ser efetivo é não só alcançar os resultados (eficácia), mas também utilizar-se dos meios mais econômicos, precisos e saudáveis possíveis (eficiência).

Uma organização efetiva está completamente consciente dos passos que são dados para alcançar determinado objetivo, e calcula cada um deles para que o impacto seja o mais positivo possível.

Para uma instituição efetiva, os fins não justificam os meios. Há uma preocupação por alcançar o objetivo, mas isso dever acompanhado pelos melhores métodos e práticas.

Exemplo de efetividade

A empresa 1 produz dez pares de sapato por dia, e para isso precisa descartar um quilo de borracha. A empresa 2 produz 9 pares de sapato por dia, e para isso precisa descartar meio quilo de borracha. A empresa 2 é mais efetiva, pois consegue praticamente o mesmo resultado, com 50% menos desperdício.

Eficiência, Eficácia e Efetividade na Gestão Pública

Eficiência, eficácia e efetividade

Agora vou usar os conceitos do livro “Estado, democracia e administração pública no Brasil”, de Marcelo Douglas de Figueiredo Torres, para você entender melhor a aplicação dos conceitos de Eficiência, Eficácia e Efetividade.

Eficiência na Gestão Pública

Aqui, mais importante que o simples alcance dos objetivos estabelecidos é deixar explícito como esses foram conseguidos.

Existe claramente a preocupação com os mecanismos utilizados para obtenção do êxito da ação estatal, ou seja, é preciso buscar os meios mais econômicos e viáveis, utilizando a racionalidade econômica que busca maximizar os resultados e minimizar os custos, ou seja, fazer o melhor com menores custos, gastando com inteligência os recursos pagos pelo contribuinte.

Eficácia na Gestão Pública

Basicamente, a preocupação maior que o conceito revela se relaciona simplesmente com o atingimento dos objetivos desejados por determinada ação estatal, pouco se importando com os meios e mecanismos utilizados para atingir tais objetivos.

Efetividade na Gestão Pública

É o mais complexo dos três conceitos, em que a preocupação central é averiguar a real necessidade e oportunidade de determinadas ações estatais, deixando claro que setores são beneficiados e em detrimento de que outros atores sociais.

Essa averiguação da necessidade e oportunidade deve ser a mais democrática, transparente e responsável possível, buscando sintonizar e sensibilizar a população para a implementação das políticas públicas.

Este conceito não se relaciona estritamente com a idéia de eficiência, que tem uma conotação econômica muito forte, haja vista que nada mais impróprio para a administração pública do que fazer com eficiência o que simplesmente não precisa ser feito.

5 questões de Eficiência, Eficácia e Efetividade

Questões de Concurso sobre eficiência, eficácia e efetividade

Agora vamos ver 5 questões resolvidas sobre Gestão Pública eficiente, eficaz e efetiva, que caíram em concursos públicos recentes. A ideia é que você perceba como os conceitos são cobrados pelas grandes bancas de concurso no Brasil.

QUESTÃO 01 – Vunesp/2018

Do ponto de vista da eficácia, para a nova gestão pública, os funcionários devem mudar a ênfase dos processos e procedimentos para

a) a visão patrimonialista.

b) a lógica de mercado.

c) os meios.

d) os resultados.

e) a racionalidade burocrática.

RESPOSTA CERTA: letra “D”.

QUESTÃO 02 – Cespe/2018

A avaliação constitui um instrumento imprescindível para o conhecimento da viabilidade de programas e projetos governamentais. Nesse sentido, avaliar a eficácia consiste em

a) obter explicações a respeito de programas e projetos governamentais a partir da perspectiva de pesquisadores.

b) determinar ações que ajudem a otimizar o desempenho de instituições e programas.

c) avaliar a relação entre as metas e os instrumentos explícitos e os resultados de determinado programa governamental.

d) examinar a relação entre a implementação e o impacto social de determinado programa governamental.

e) avaliar a relação entre o esforço empregado para implementar determinada política pública e os seus resultados.

RESPOSTA CERTA: letra “C”.

QUESTÃO 03 – FUNRIO/2018

Conceitos oriundos da iniciativa privada passaram a ser adotados pela administração pública; entre eles, o que está relacionado com o uso racional e econômico dos insumos na produção de bens e serviços é o conceito de:

a) eficiência.

b) eficácia.

c) efetividade.

d) economicidade.

e) equidade.

RESPOSTA CERTA: letra “A”.

QUESTÃO 04 – FGV/2017

Um gerente de sessão de determinado órgão público declarou que sua principal preocupação é que “as atividades da nossa sessão sejam realizadas e que os nossos objetivos sejam atingidos – não importa quanto esforço a equipe tenha que fazer”.

A principal preocupação do gerente é com a:

a) produtividade;

b) eficácia;

c) eficiência;

d) estratégia;

e) missão organizacional.

RESPOSTA CERTA: letra “B”.

QUESTÃO 05 – FCC/2016

A atuação da Administração pública vem sendo, cada vez mais, pautada e avaliada por critérios de eficiência, eficácia e efetividade. Nesse contexto, considere:

I. Uma ação administrativa é considerada eficiente quando contempla o uso racional e econômico de insumos para sua consecução.

II. A efetividade de uma ação administrativa depende do nível de atingimento das metas estabelecidas internamente e não, necessariamente, de seus efeitos externos.

III. A eficácia de uma ação administrativa corresponde ao grau máximo de sucesso da referida ação, consistente na satisfação das necessidades da sociedade em relação àquela demanda.

Esta correto o que consta APENAS em

a) II e III.

b) II.

c) III.

d) I e III.

e) I.

RESPOSTA CERTA: letra “E”.

O que aprendemos neste artigo

Hoje dissecamos os conceitos de Eficiência, Eficácia e Efetividade, ligados principalmente à Gestão Pública.

Vimos exemplos e aplicações desses conceitos, ao tempo em que respondemos questões de concurso onde o tema foi cobrado recentemente.

Tenho um convite para você!

Faça uma contribuição 100% gratuita para o Segredos de Concurso: deixe um comentário sobre o que acabou de ler. Por mais simples que seja, é importantíssimo para continuarmos postando conteúdo aqui.

Sua opinião me diz se estamos no caminho certo. Deixe críticas, sugestões e dúvidas… Faço questão de ler cada comentário, e respondo na primeira oportunidade que surge.

Até a próxima!

😉