A questão do Concurso PRF que 60% dos candidatos erram

Questão do Concurso PRF

Sempre digo que a aprovação em um concurso público é feita com a quantidade de diferenciais que um candidato consegue acumular.

Se o seu concorrente acerta o que você erra, você despenca na colocação. Se você acerta o que ele erra, suas chances aumentam muito. Por isso uma boa estratégia de estudos é acertar o que a maioria dos candidatos está errando.

No caso do Concurso PRF, com vagas para a Polícia Rodoviária Federal, essa regra é ainda mais influente, por se tratar de um concurso extremamente concorrido e de alto nível.

Por isso selecionei uma das questões mais difíceis já cobradas no Concurso da PRF para que você perceba como determinados assuntos são exigidos na prova.

A ideia é aprender o conteúdo tratado na questão e também analisar a metodologia utilizada pela banca (nesse caso, a Cespe/Unb).

Legislação relativa ao DPRF

Legislação relativa ao DPRF

A questão que iremos analisar é sobre o Código de Trânsito Brasileiro, norma prevista na disciplina “Legislação relativa ao DPRF”, no edital do concurso. Veja o que é pedido:

  • Lei n.º 9.503/1997 – Código de Trânsito Brasileiro, e suas atualizações.
  • Perfil constitucional: funções institucionais..
  • Lei 9.654/1982.
  • Decreto nº 6.061/2007 e alterações.
  • Decreto 1.655/1995.

Ao todo, caíram 6 questões sobre essas normas na prova do último concurso.

A questão que 60% dos concorrentes erram

A questão que a maioria dos candidatos erram

A questão a seguir foi respondida por mais de 2 mil candidatos em grupos de estudo para o Concurso da PRF. Mais de 60% deles erraram a questão, que caiu no concurso de 2004.

Leia com atenção e tente responder corretamente:

QUESTÃO Cespe/Unb/2004 – Concurso da PRF

Os condutores habituados a se comportarem mal ao volante foram surpreendidos em 1997 por uma legislação mais rigorosa que a anterior, que passou a não mais tolerar a conduta agressiva, prevendo até prisão para alguns delitos e também multas onerosas. Considerando o sistema de pontuação negativa adotado pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), julgue os itens a seguir.

Do motorista infrator pode ser exigida a participação em curso de reciclagem, a qualquer tempo, entre outras hipóteses, se for constatado que ele está pondo em risco a segurança do trânsito.

CERTO ou ERRADO?

E então, qual é sua opinião? Deixe um comentário!

A resposta que a maioria não sabe

Questões resolvidas

A questão diz respeito ao artigo 268 do Código de Trânsito Brasileiro, que diz o seguinte:

Art. 268. O infrator será submetido a curso de reciclagem, na forma estabelecida pelo CONTRAN:

I – quando, sendo contumaz, for necessário à sua reeducação;

II – quando suspenso do direito de dirigir;

III – quando se envolver em acidente grave para o qual haja contribuído, independentemente de processo judicial;

IV – quando condenado judicialmente por delito de trânsito;

V – a qualquer tempo, se for constatado que o condutor está colocando em risco a segurança do trânsito;

VI – em outras situações a serem definidas pelo CONTRAN.

Fonte: CTB

A questão está errada!

O problema aqui está na expressão “entre outras hipóteses”, já que não existem outras hipóteses no CTB para que o infrator seja submetido a curso de reciclagem “a qualquer tempo”.

A única hipótese em que pode ser exigida a participação em curso de reciclagem, a qualquer tempo, é a do inciso V.

Por isso a afirmação está errada.

Ainda tem dúvidas? Deixe um comentário para que possamos conversar sobre a resposta.

Até a próxima!

Curso para o Concurso da PRF