Significação das Palavras – o Guia Completo para nunca errar!

Significação das Palavras

Voltamos aos estudos de Língua Portuguesa aqui no Segredos de Concurso, para tratar de um tema central nos editais de concurso: Significação das Palavras.

Não importa para qual concurso você está se preparando, o tópico Significação das Palavras certamente está presente no conteúdo programático.

Por isso vamos entendê-lo com profundidade no artigo de hoje, para que você não erre mais na prova do seu concurso.

Caso surja alguma dúvida no decorrer do texto, deixe um comentário para que possamos esclarecer.

Vamos lá!

O que são Sinônimos

Sinônimos

Para começar a entender sobre significação das palavras, vamos ao conceito de sinônimo:

Palavras que possuem significado próximo. Exemplo: casa, residência, moradia, morada, lar, etc.

Observe que nós não dissemos que o seu significado é igual, mas próximo.

É porque sinônimos não são equivalentes. É difícil encontrar um que seja perfeito, ou seja, uma palavra cujo significado seja exatamente igual ao de outra.

Para você entender do que estamos falando, veja: Comprei uma nova casa. É diferente (e estranho) de dizer: Comprei um novo lar.

Os sinônimos são um excelente recurso em textos, para retomada de elementos que inter-relacionam partes do texto. Assim, evita-se o uso repetitivo de um termo.

[BÔNUS]: conheça o Dicionário de Sinônimos da Academia Brasileira de Letras.

O que são Antônimos

Antônimos

Já os antônimos são o contrário dos sinônimos, isto é, representam significados opostos das palavras.

Exemplo: mau e bom; mal e bem; constrói e destrói, dormi e acordei, claro e escuro, perto e longe etc.

Você sabe o que é Polissemia?

Polissemia

Sinônimos e antônimos são bem conhecidos, não é mesmo? Mas, você sabe o que é polissemia?

Polissemia é a possibilidade de uma palavra ter diversos significados, dependendo do contexto onde ela aparece.

Vamos tomar como exemplo, o termo “cabo”.

Se somente falarmos a palavra isolada, você pode achar que estamos nos referindo ao posto militar, ao cabo de uma vassoura, ao cabo de uma faca etc.

E banco? Pode ser a instituição financeira ou um tipo de assento. O mesmo acontece com manga, que pode ser a fruta ou a parte de uma roupa.

O significado de cada palavra dependerá de como ela será utilizada. Tomemos o primeiro caso como exemplo, para formação de frases que dotarão o termo de sentido.

  • O cabo Arthur compareceu ao treinamento nesta manhã (cabo = posto militar).
  • O cabo da faca está enferrujado.
  • Coloque o cabo da vassoura para cima.

Monossemia

Monossemia

Ao falarmos de polissemia, vimos que uma única palavra pode ter diversos significados (poli).

Em se tratando de monossemia, temos o caso em que a palavra tem apenas um significado (por isso a presença do radical mono).

A palavra cabeça, por exemplo, é polissêmica porque pode ser referida quando se menciona a parte do corpo. Mas também o líder de um grupo (o cabeça dos escoteiros, por exemplo).

Já no caso de estetoscópio, que é uma palavra monossêmica, isso não acontece. Isto é, não há como pensar em outra significação que não seja o instrumento utilizado pelo médico.

O que são Homônimos

Homônimos

No conteúdo de significação das palavras geralmente os candidatos estudam bastante a parte de sinônimos e antônimos.

Mas as bancas têm cobrado algo além: você sabe o que são os Homônimos e Parônimos?

Homônimos são palavras que possuem a mesma pronúncia (podendo ou não ter a mesma grafia), mas seus significados são diferentes. Veja os exemplos abaixo:

  • Ascender (subir) e acender (colocar fogo, ligar).
  • Acento (sinal gráfico) e assento (local onde se senta).
  • Cheque (forma de pagamento) e xeque (jogo de xadrez).
  • Concerto (sessão musical) e conserto (reparo).
  • Esterno (osso do peito) e externo (relacionado ao exterior).
  • Tacha (prego pequeno) e taxa (imposto).

Nos casos mencionados temos homônimos homófonos, ou seja, são palavras que possuem a mesma pronúncia e o mesmo som.

Quando os homônimos possuem a mesma grafia e o mesmo som, eles são chamamos de homônimos perfeitos. Exemplos:

  • Cedo – “Eu cedo meu assento para idosos” (verbo ceder) e “Cheguei cedo ao estádio” (advérbio de tempo).

Porém, se a grafia for a mesma, mas a pronúncia for diferente, o significado também será. Veja o caso de almoço: “O almoço está na mesa” (refeição) e “Eu almoço ao meio-dia” (verbo almoçar).

O mesmo acontece com gosto: “Esta comida está com gosto bom” (substantivo) e “Eu gosto de ler romances” (verbo gostar).

Quando isso acontece, os homônimos são chamados de homógrafos. Ou seja, possuem a mesma grafia.

O que são Parônimos

Parônimos

Agora vamos aprender o que são os Parônimos, um conceito que também cai muito em pegadinhas das bancas de concurso.

Parônimos são palavras diferentes, porém sua grafia e pronúncia são muito parecidas. Vou mostrar vários casos para você entender o que são parônimos:

  • Absolver (tirar a culpa) e absorver (aspirar).
  • Despensa (armário para guardar mantimentos) e dispensa (ato de dispensar).
  • Eminente (elevado) e iminente (prestes a ocorrer).
  • Delatar (denunciar) e dilatar (alargar).
  • Flagrante (evidente, pego no flagra) e fragrante (perfumado).
  • Inflação (alta de preços) e infração (violação).
  • Soar (produzir som) e suar (transpirar).
  • Tráfego (trânsito) e tráfico (comércio ilegal).

Deu pra compreender?

A diferença entre Denotação e Conotação

Denotação e Conotação

Outra dúvida bastante comum entre os candidatos que estudam a significação das palavras: a diferença entre Denotação e Conotação.

Denotação é a capacidade que as palavras têm para apresentar um sentido literal, objetivo.

Conotação é o oposto, ou seja, as palavras apresentam sentido figurado, simbólico. Atente-se aos exemplos para entender melhor.

Denotação

Veja exemplos do emprego da denotação:

  • Simone chegou atrasada ao trabalho hoje.
  • Andressa vai jantar com seu namorado na pizzaria.

As duas frases mencionadas são bem objetivas, não é mesmo? Você entendeu que Simone hoje se atrasou para o trabalho, e que Andressa vai jantar na pizzaria com o namorado.

Conotação

Na conotação o sentido literal não acontece. Veja os exemplos:

  • Meu namorado é um porto seguro.
  • Edson é muito burro em Matemática.

O sentido figurado está bem presente nos exemplos acima. Afinal, namorados, em sentido literal, não podem ser portos seguros, locais para atracar barcos.

E pessoas não são animais, como no exemplo de Edson não ser inteligente em Matemática. Foram utilizados símbolos para mostrar a segurança que o namorado traz para a pessoa, e também para mostrar que Edson precisa estudar mais para se dar bem em Matemática.

A diferença entre Hiperônimo e Hipônimo

Hiperônimo e Hipônimo

Vamos nos aprofundar mais um pouco. Você sabe a diferença entre Hiperônimo e Hipônimo?

Um hiperônimo é uma palavra que possui significado mais abrangente, enquanto um hipônimo é um termo com significado mais restrito.

Veja os exemplos:

  • Material escolar é um hiperônimo de caneta.
  • Caneta é um hipônimo de material escolar.
  • Ferramentas de marcenaria é um hiperônimo de serrote.
  • Serrote é um hipônimo de ferramentas de marcenaria.

Quando se restringe um item (caneta, serrote), temos um caso de hipônimo.

Quando se abre uma categoria (material escolar, ferramentas de marcenaria), temos um caso de hiperônimo.

Formas Variantes

Formas Variantes

Outro ponto para você atentar são as formas variantes. São as palavras que podem ser escritas de mais de uma forma, sem que haja grafia incorreta por conta de seu emprego.

Confira alguns exemplos (todas as escritas estão corretas):

  • Marcelo possui uma cicatriz no abdome.
  • Marcelo possui uma cicatriz no abdômen.
  • Os cabelos de Marta são loiros.
  • Os cabelos de Marta são louros.
  • Naquele bar há dois bêbados.
  • Naquele bar há dois bêbedos.
  • É a sua vez de embaralhar as cartas.
  • É a sua vez de baralhar as cartas.
  • Ricardo teve um infarto ontem.
  • Ricardo teve um enfarte ontem.

É bom estar atento(a) a isso… Errar na prova do seu concurso com essas formas variantes é muito fácil.

Palavras e expressões latinas

Palavras e Expressões Latinas

A depender do concurso que você fizer, principalmente aqueles da área jurídica, as palavras e expressões latinas podem causar dificuldades na sua prova.

Esse é um tópico da significação das palavras bem esquecido pelos candidatos (portanto, um diferencial fantástico para você).

Conheça a seguir o significado de palavras e expressões latinas que costumam figurar tanto em linguagem formal quanto informal.

Ao contrário de palavras como tablet e layout, elas não podem ser aportuguesadas, devendo ser escritas em sua forma original.

Por este motivo, precisam ser grafadas com indicação de sua origem estrangeira, com itálico, sublinhado, negrito ou entre aspas. Veja:

Ad hoc

Quando uma pessoa foi nomeada para assumir um cargo específico, ou então para indicar a finalidade de algo. É sinônimo de: para isto, para tal fim, de propósito.

Exemplo: Para a palestra da aula inaugural, chamamos um especialista ad hoc.

A priori

Aplica-se a casos onde não foi feita verificação dos fatos, apenas baseando-se em pressupostos.

É uma expressão bastante utilizada na Filosofia e seus sinônimos são: a princípio, em princípio e à primeira vista.

Exemplo: A priori, dará tudo certo.

A posteriori

Neste caso, a expressão é utilizada baseando-se em acontecimentos previstos e realizados, partindo-se dos efeitos para as causas. Seus sinônimos são de seguida, depois.

Exemplo: Só poderei afirmar se dará certo a posteriori.

 Carpe diem

Significa aproveitar o presente ao máximo, sinônimo de aproveite o dia.

Exemplo: Carpe diem! A vida é curta e os momentos felizes são efêmeros.

Curriculum vitae

Algumas palavras são mais frequentes no nosso vocabulário, do que outras, e curriculum vitae com certeza é uma das mais comuns.

Esta expressão latina quer dizer conjunto de dados que constituem a vida de uma pessoa.

É um documento pessoal onde constam os dados pessoais, profissionais e acadêmicos de uma pessoa que busca uma oportunidade de emprego. Sinônimo: currículo. Abreviatura: CV.

Exemplo: O curriculum vitae de César está em sua mesa.

Data venia

É uma forma cordial de introdução de contra-argumentação. A expressão é comumente utilizada no setor jurídico e também em debates acadêmicos.

É sinônimo de com a devida vênia, com o devido respeito, dada a licença, dada a permissão.

Exemplo: Data venia, apresento minha opinião sobre o caso.

Grosso modo

Expressão bastante utilizada na Língua Portuguesa, grosso modo significa que algo foi feito de modo impreciso, sem detalhes ou pormenores.

Sinônimo de aproximadamente, mais ou menos, sumariamente, de modo genérico.

Exemplo: O Concurso da Petrobrás teve, grosso modo, três mil candidatos.

Habeas corpus

Também bastante conhecida em nosso vocabulário, a expressão quer dizer que uma medida jurídica foi tomada para proteger cidadãos com mobilidade restrita por autoridades legítimas. Sinônimo de salvo-conduto.

Exemplo: O habeas corpus do deputado foi negado, então ele continuará em detenção.

In memoriam

Homenagem feita a pessoas que já faleceram, utilizada em diversos contextos (convites, dedicatórias, obituários, epitáfios) e também quando o autor já é falecido, com publicação póstuma de sua obra. Sinônimo de em memória, em lembrança.

Exemplo: Dedico este livro a meu pai (in memoriam), que tanto me incentivou a escrevê-lo.

Lato sensu

Utilizada sempre que se refere a sentido mais amplo, extenso. Nos casos acadêmicos, ocorre quando um curso de pós-graduação de menor duração visa uma especialização. Sinônimo: em sentido amplo.

Exemplo: A pós-graduação lato sensu, que Silmara faz, acontece aos sábados.

Stricto sensu

O contrário de Lato sensu é Stricto sensu, ou seja, algo mais restrito, como um curso de maior duração que visa uma especialização (mestrado ou doutorado).

Exemplo: A pós-graduação stricto sensu, que Silmara faz, acontece aos sábados.

Per capita

Indicação de valor por cabeça ou valor por pessoa, com utilização em dados estatísticos. Sinônimo de por cabeça.

Exemplo: A renda per capita do Brasil baixou.

Sine qua non

Condição onde algo é indispensável. Seus sinônimos: fundamental, imprescindível, essencial, sem a qual não.

Exemplo: Temos que viajar imediatamente, é uma condição sine qua non.

Status quo

Indicação da situação atual. É a forma reduzida de outra expressão latina, in statu quo ante, indicação de como as coisas estavam antes.

Sinônimos: situação vigente, situação atual, estado atual, posição atual.

Exemplo: Nossa empresa irá progredir, segundo seu status quo.

Sui generis

Quer dizer algo único, sem igual, um caso peculiar. Sinônimo de único em seu gênero.

Exemplo: A generosidade de Ieda é sui generis.

Arcaísmo

Arcaísmo

Para finalizar nosso estudo sobre significação das palavras, vale a pena você entender o que é arcaísmo.

Arcaísmo é a utilização de palavras antigas, que perderam seu uso na linguagem culta. Eram utilizadas por pessoas de outras épocas e foram substituídas por termos mais modernos, mas que são sinônimos.

Vou apresentar alguns arcaísmos aqui, para você se familiarizar com seu significado (como fizemos nas palavras e expressões latinas), porque os arcaísmos podem constar em questões, principalmente de interpretação de texto, em textos literários. Veja os exemplos:

  • Botica = farmácia.
  • Ladroa = ladra.
  • Pera = para.
  • Soldo = obrigação no arrendamento de terra.
  • Tença = posse.
  • Vosmecê = você.
  • Aguça = pressa.
  • Absolto = absolvido.
  • Dada = doação.
  • Embora = em boa hora.
  • Escala = escada.
  • Franquia = sinceridade.
  • Graveza = gravidade.
  • Pertinência = pertença.

Com a criação diária de novas palavras e expressões, os termos que utilizamos hoje e são tidos como modernos podem ser os arcaísmos de amanhã.

O pronome “vós”, por exemplo, em breve poderá se tornar um caso deste tipo. Você utiliza essa palavra no seu cotidiano? Provavelmente, não.

O arcaísmo literário é algo que acontece com frequência, sendo um recurso linguístico que confere caráter nobre, rebuscado, a textos. Portanto, não pode ser desprezado.

Material completo de Português para Concurso

O que aprendemos neste artigo

Hoje nossa dedicação foi ao assunto Significação das Palavras, que cai nas provas e editais de Língua Portuguesa em diversos concursos brasileiros.

Aprendemos cada conceito de maneira prática e objetiva, e vimos exemplos para esclarecer melhor o conteúdo.

Agora preciso de você!

Agora gostaria que você deixasse sua dúvida e/ou dissesse o que achou do conteúdo que acabou de ler.

Pra mim é fundamental contar com a sua participação. Faço questão de ler cada comentário, e respondo na primeira oportunidade que surge.

Até a próxima!

😉