Como tornar-se mestre em compreensão e interpretação de textos

Compreensão e interpretação de textos

Muitos concurseiros dão pouca atenção a uma das disciplinas mais importantes em qualquer concurso público: Língua Portuguesa. Na maioria esmagadora dos concursos essa é a disciplina que tem um peso maior, devendo tornar-se, por isso, prioritária nos seus estudos.

Ao falar de Língua Portuguesa é importante lembrar que nos concursos ela costuma estar dividida em regras gramaticais (morfologia, sintaxe etc) e compreensão e interpretação de textos. Não há dúvida que entender de gramática é muito importante para fazer uma boa prova, mas tenho certeza que a parte de compreensão e interpretação de textos é ainda mais relevante.

É importante frisar que o Brasil possui aproximadamente 13 milhões de pessoas acima dos 15 anos com analfabetismo funcional (é o que diz a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio – Pnad/2014). Enquanto o analfabetismo absoluto se refere à pessoa que não teve nenhum ou pouco acesso à educação, o analfabetismo funcional diz respeito à pessoa que é capaz de identificar letras e números, mas não consegue interpretar textos e realizar operações matemáticas mais complexas.

Numa realidade assim, é natural que os concursos públicos priorizem a capacidade dos candidatos em interpretar textos, que se torna um grande diferencial entre os concorrentes. Por isso, resolvi preparar este artigo, onde você aprenderá técnicas bem interessantes para melhorar sua capacidade de compreensão e interpretação de textos.

Lembre-se que entender o que está lendo é importante não só para a prova de Língua Portuguesa, mas também para as demais disciplina. Vamos lá:

Simplesmente leia!

Compreensão e interpretação de textos

Não há melhor forma de ser um bom interpretador de textos do que simplesmente ler muitos textos. Ao ler muito você aumenta seu repertório de palavras e aumenta a quantidade de conexão de ideias que conhece. Nesse caso, sua mente funciona como seus músculos: quanto mais exercícios (leituras) fizer, mais preparado estará para se esforçar.

Não gosta de ler? Saiba o que fazer!

Se você quer aumentar consideravelmente sua capacidade de compreender e interpretar textos, leia modalidades distintas de conteúdo. Assim com o triatleta treina natação, corrida e ciclismo, desenvolvendo capacidades musculares em várias modalidades, você também pode fazer isso com a leitura.

Além do conteúdo programático do concurso, leia poesia, contos, romances, crônicas, dissertações etc.

O importante é ser o mais variado possível, aumentando seu repertório de leitura ao máximo!

A técnica da contemplação escrita

Interpretação e Compreensão de Textos

Ao ler um texto pode acontecer de você se enganar sobre o significado do que leu. Existe uma forma muito eficaz de detectar se você entendeu corretamente.

Já reparou que um pintor, sempre que está produzindo um quadro, pára alguns momentos, e se afasta para contemplar como a obra está ficando? Existe uma forma semelhante para você detectar se está compreendendo corretamente um texto, que é escrevendo algumas conclusões sobre o que leu.

Tome como exemplo a seguinte citação, de José Saramago:

O tempo das verdades plurais acabou. Vivemos no tempo da mentira universal. Nunca se mentiu tanto. Vivemos na mentira, todos os dias.

Para contemplar o que pode ser entendido sobre o texto, eu escreveria o seguinte:

  • O texto fala sobre verdade
  • O texto compara o tempo atual com outros tempos
  • O texto expressa uma crítica do autor sobre o tempo atual

Tudo isso se conclui ao ler o texto. Se você, enquanto lê, vai percebendo essas informações e escrevendo-as, terá muita facilidade de compreender o texto de maneira global, e responder qualquer questão sobre ele.

4 perguntas mágicas

Compreensão e interpretação de texto

Às vezes perdemos questões na prova do concurso público que estamos realizando porque não aplicamos técnicas básicas de compreensão e interpretação de textos. Acredite no que estou dizendo: muitos candidatos simplesmente são reprovados porque não se fazem perguntas básicas sobre o texto que estão lendo.

A maioria dessas perguntas se refere ao contexto (que são as condições em que o texto foi escrito). Veja e não deixe de fazê-las:

Quem escreveu o texto?

Se você lê um poema do poeta abolicionista Castro Alves e a questão da prova pergunta se o autor está defendendo a escravidão na poesia, tudo indica que a questão está errada (a não ser que seja uma “pegadinha”).

Às vezes, sem nem ler o texto, é possível acertar uma questão (ou pelo menos eliminar alternativas erradas).

Conheça segredos para turbinar seus estudos!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente dicas surpreendentes sobre como estudar para Concurso!>

Em que época e lugar escreveu o texto?

Machado de Assis é um escritor do século XIX. Mas já vi uma questão de concurso que perguntava se o autor estava criticando o uso da internet em uma crônica.

Tanto o tempo quanto o espaço são contextos essenciais para compreender um texto. Não deixe de considerar isso!

Por que o texto foi escrito?

Todo texto tem um porquê. Concursos públicos procuram, geralmente, inserir em suas provas textos que trazem visões críticas de alguma coisa. Desse modo, é sempre interessante perceber o que defende e o que nega o texto do seu concurso.

Saber a motivação do autor é a pergunta de ouro numa prova de compreensão e interpretação de textos.

Existem contradições no texto?

Os textos escolhidos para concursos públicos são, geralmente, de autores e veículos consagrados, e dificilmente possuem erros ou contradições.

Caso você detecte alguma contradição no texto em que está tentando interpretar, desconfie. É muito provável que você esteja entendendo errado. Releia, questione sua própria compreensão e chegue ao verdadeiro significado do texto.

Utilize letras de música

Compreensão e interpretação de textos

Letras de músicas são construções poéticas bem interessantes para apurar a sua capacidade de interpretar e compreender textos, com a vantagem de que pode ser mais divertido e agradável interpretá-las do que poesias comuns.

Seguem 5 músicos e compositores contemporâneos que vale a pena ouvir, compreender e interpretar:

Caetano Veloso

Chico Buarque

Emicida

O Rappa

Lenine

(Gosto bastante do blog “Interpretação Pessoal“. Mesmo desatualizado, ele tem bons textos com interpretações).

Utilize tirinhas e quadrinhos

Tirinhas

Outra forma muito interessante de treinar sua capacidade de compreensão e interpretação é lendo tirinhas (daquelas que estão diariamente nos jornais), muitas vezes cobradas em alguns concursos. Veja abaixo 3 cartunistas importantes para você acompanhar:

André Dhamer

Compreensão e interpretação de textos

Veja mais tirinhas de Andre Dahmer

Laerte

Compreensão de texto

Veja mais tirinhas do Laerte.

Glauco

Compreensão e interpretação de texto

Veja mais tirinhas do Glauco.

Como fazer a interpretação de poemas

Interpretação de poemas

Uma das grandes dificuldades de quem estuda para concurso e vestibular, e precisa enfrentar questões de interpretação e compreensão de textos, é ler corretamente poemas.

Ler textos em prosa geralmente é bem mais fácil, porque estamos acostumados com eles desde quando iniciamos a ler. Já os poemas, têm uma organização bem diferente, o que nos faz travar em alguns casos.

Um poema é dividido em versos e estrofes. Verso é cada linha que compõe um poema. Estrofe é um conjunto de versos. O poema é um conjunto de estrofes (sendo que alguns poemas têm apenas uma estrofe).

Veja o poema a seguir, de Carlos Drummond de Andrade:

Acordar, viver

Como acordar sem sofrimento?
Recomeçar sem horror?
O sono transportou-me
àquele reino onde não existe vida
e eu quedo inerte sem paixão.

Como repetir, dia seguinte após dia seguinte,
a fábula inconclusa,
suportar a semelhança das coisas ásperas
de amanhã com as coisas ásperas de hoje?

Como proteger-me das feridas
que rasga em mim o acontecimento,
qualquer acontecimento
que lembra a Terra e sua púrpura
demente?
E mais aquela ferida que me inflijo
a cada hora, algoz
do inocente que não sou?

Ninguém responde, a vida é pétrea.

Carlos Drummond de Andrade

Ao todo, temos 4 estrofes e 18 versos.

Para interpretar um poema, devemos considerar que há um sentido global em cada poema, independentemente da quantidade de versos e estrofes existam nele.

Outra coisa importante é perceber se um verso acaba com um sentido ou se ele termina seu sentido no(s) verso(s) seguinte(s). Às vezes, o poeta distribui uma frase em vários versos seguidos, concluindo o sentido apenas no fim da estrofe (é o que faz Drummond no poema acima).

Um dos erros mais comuns ao interpretar poesia é tentar encontrar sentido em versos soltos, sem considerar que o poema é um todo, um conjunto.

No exemplo a seguir, numa questão da Fundação Carlos Chagas, você pode observar como foi cobrada a interpretação do poema:

Questão de interpretação de poema (SEDU-ES – FCC/2016)

Canção do Suicida

NÃO ME MATAREI, meus amigos.
Não o farei, possivelmente.
Mas que tenho vontade, tenho.
Tenho, e, muito curiosamente,

Com um tiro. Um tiro no ouvido,
Vingança contra a condição
Humana, ai de nós! sobre-humana
De ser dotado de razão.

(BANDEIRA, Manuel. Poesia completa e prosa. Rio de Janeiro: Editora Nova Aguilar: 1993, p. 336)

A análise adequada para o poema de Bandeira é:

a) Mescla-se o prosaico ao sublime, o banal ao poético. Trata-se de uma atitude de apego ao lirismo e ao amor romântico. É, pois, na criação de uma poesia do cotidiano que o poeta ironiza a idealização romântica, traçando a modernidade.

b) As rupturas sintáticas passariam a ser os meios correntes na poesia moderna para exprimir, no poema, o novo ambiente, em que vive o homem da grande cidade, que anda de carro, vê cinema, fala ao telefone, e está cada vez mais sujeito ao bombardeio da propaganda.

c) O poema já mostra, além da melancolia pela infância do eu-lírico, ideais modernistas, pela quebra de paradigmas como a forma fixa e a métrica (versos livres) e o jogo semântico das palavras em contexto.

d) O poema, através de simples vocabulário, atinge temas profundos e saudosistas, de forma criativa utiliza-se de fatos do cotidiano das pessoas. Nesse caso, o acidente biográfico é reconhecível na referência à falta de saúde, decorrente da tuberculose que manteve o poeta recluso num sanatório durante anos.

e) O poema apresenta uma das grandes conquistas dos modernos: o humorismo, sob forma de ironia ou de paradoxo, utilizando-o como instrumento de análise moral, aprofundamento das emoções e senso de complexidade do homem e do mundo.

RESPOSTA CERTA: Letra “E”

***

Na questão acima, a resposta exige o conhecimento de algo que pode lhe ajudar muito em qualquer questão de interpretação e compreensão de textos literário: o conhecimento das escolas literárias. Cada uma delas possui características gerais que podem ser aplicadas aos autores daquela época.

Basicamente elas são as seguintes:

  • Trovadorismo
  • Humanismo
  • Renascimento
  • Classicismo
  • Quinhentismo
  • Barroco
  • Arcadismo
  • Romantismo
  • Realismo
  • Naturalismo
  • Parnasianismo
  • Simbolismo
  • Pré-Modernismo
  • Modernismo
  • Tendências Contemporâneas

Conhecendo cada escola, você pode saber antecipadamente as características de cada autor. Em breve teremos um artigo aqui no Segredos de Concurso sobre este tema.

Finalizando essa parte de interpretação de poemas, sugiro a visita ao site Jornal de Poesia, que disponibiliza a obra de centenas de poetas para que você possa ler e treinar sua interpretação e compreensão dos textos.

Um segredo para uma boa interpretação

Compreensão e Interpretação de Textos

Pouca gente se dá conta, mas um fator indispensável para uma boa interpretação do texto é a capacidade de manter a atenção.

Como entender e interpretar um texto se você não consegue manter o foco no texto durante muito tempo? Essa é uma habilidade que precisa ser treinada, pois a falta de atenção vai lhe prejudicar na compreensão principalmente de textos mais longos.

Veja se a seguinte cena lhe é familiar: você começa a ler um texto, passa o primeiro parágrafo, passa o segundo parágrafo e de repente você começa a pensar na briga que teve com o namorado(a), ou como queria comprar aquela roupa no shopping.

Perdida a atenção, é preciso retornar ao último ponto em que você lembra que leu de verdade.

Então, precisamos cultivar o hábito da leitura e o hábito de manter a atenção sob controle. Uma prática bem interessante pra trabalhar bem com a atenção é a meditação. Treine e consiga ler com qualidade!

Um material completo de Interpretação de Texto

Uma grande oportunidade para tornar seus estudos mais qualificados é garantir o acesso ao curso online a seguir, que vai lhe dar o passo-a-passo na preparação para português e interpretação de texto.

Material de Interpretação de Texto para Concurso

Tenho indicado este curso para muitos candidatos com sérias dificuldades em Interpretação de Texto – aqueles que simplesmente dizem: “não consigo entender nada”. Vale muito a pena superar esse estado para lutar por sua aprovação.

O que aprendemos neste artigo

Você acabou de ler um texto indicando técnicas e práticas para melhorar seu desempenho na interpretação de textos para concursos públicos. Nele você pôde entender a importância da leitura para compreender textos e algumas perguntas essenciais a se fazer quando estiver interpretando.

Também vimos como tirinhas e músicas podem ajudar nessa disciplina, assim como a técnica da “contemplação escrita”.

Agora preciso de você!

Agora que já aprendeu a aperfeiçoar sua compreensão e interpretação de textos, preciso que você deixe um comentário dizendo o que achou do artigo.

Sua participação é essencial para que eu continue publicando conteúdo, pois assim tenho um feedback sobre a qualidade dos textos. Respondo a todos os comentários na primeira oportunidade que tenho.

Até a próxima!

😉

  • Brenda

    Danilo amo seus artigos,suas técnicas me motivou a estudar, pois nos mostra de forma simplista e objetiva . obrigada pelo tempo que se dispôs a nos ensinar e motivar.

  • Antonio Francisco

    Saber interpretar um texto é vital em um concurso público,e o artigo foi muito claro,obrigado pelo artigo.

  • Luciano Arruda

    Olha, meus parabéns! Vou prestar agora meu primeiro concurso e fiz um cronograma de estudos, já que faz um tempinho que não me dedico à sentar e estudar, e seu artigo foi maravilhoso e me ajudou à esclarecer muitas coisas, obrigado!

  • Thamirys Pereira

    Danilo, parabéns pelo texto! Muito bem escrito, acessível e com técnicas realmente interessantes e, melhor ainda, eficazes. Acredito que a capacidade de interpretar textos é uma habilidade que pode ser aprimorada com a prática. Trata-se de uma aptidão para enxergar as entrelinhas, que vem quando nos permitimos olhar para além do próprio texto, mas que encontra limites nesse mesmo texto. Por isso, achei as técnicas de contemplação e das perguntas mágicas muito interessantes.
    Fico muito feliz que tenha recomendado meu blog (Interpretação Pessoa) e que eu tenha tido a chance de conhecer seu trabalho.

    • Parabéns, Thamirys, pelo trabalho no seu blog. Obrigado por comentar aqui! 🙂

  • Ricardo Cassiano

    Muito bom, o artigo, Danilo! Parabéns! Esclareceu-me muitas dúvidas!

  • Gislane Miranda

    Amei Danilo você está de parabéns…muito obrigada!

  • Ana

    Texto claro e objetivo. Anotei as principais perguntas que devo fazer e vou começar a fazer leituras de textos diferentes. Obrigada pela motivação.

  • Vanessa Nascimento

    Eu amei as dicas. Continue-as por favor…rs

  • Melhor site pra dicas, obrigada pelo trabalho duro

  • Wilka Brenda

    Está de parabéns, me ajudou muito suas dicas!

  • josemir oliver

    super obrigado, agora vou botar em pratica tudo que aprendi.

  • Alemar Junior

    Excelente texto. O leiaute do site ficou ótimo.

  • alisson gusmao

    Muito bom!!!

  • Relma Almeida

    Belíssimo artigo!!!!

  • Matheus Samuel

    Muito bom seu artigo,parabéns.