Concurso SEE-MG – o Guia Completo (com materiais em PDF!)

Concurso SEE-MG

Saudações, concurseiros e concurseiras mineiras! Hoje vamos focar no Concurso SEE-MG, que abre vagas para a Secretaria do Estado da Educação de Minas Gerais.

Reuni aqui muitos dados relevantes sobre o certame, como os cargos disponíveis, atribuições e exigências de cada um, além da remuneração e demais informações.

Também trago materiais e dicas de primeira qualidade para você se preparar com vantagens em relação à concorrência. A hora de se preparar é agora!

Vamos lá!

 

Cargos do Concurso SEE-MG

Cargos do Concurso SEE-MG

O concurso da Secretaria do Estado da Educação de Minas Gerais visa preencher cargos de Especialista de Educação Básica e também para Professor de Educação Básica.

São 700 vagas abertas para Especialista de Educação Básica (Orientação Educacional e Supervisão Pedagógica).

Para Professor de Educação Básica o quadro de vagas varia de acordo com a especialidade, conforme segue abaixo:

  • 1209 vagas para professor de Artes;
  • 1171 para especialistas em Biologia/Ciências;
  • 1076 para a área de Educação Física;
  • 767 para professores de Filosofia;
  • 1430 para professores de Física;
  • 1107 para especialistas em Geografia;
  • 1143 vagas para a área de História;
  • 1721 oportunidades para professores de Língua Estrangeira Moderna (Inglês);
  • 2224 para professores de Língua Portuguesa;
  • 2489 para especialistas em Matemática;
  • 868 vagas para professor de Química;
  • 796 vagas na área de Sociologia.

Ao todo, serão 16000 vagas para Professor de Educação Básica, sendo 1606 delas para portadores de necessidades.

A carga horária para Especialista em Educação Básica é de 24 horas semanais e para o Professor de Educação Básica, de 08 a 24 horas por semana.

A remuneração do Especialista é de R$ 2.135,64, sendo o mesmo salário para o Professor, caso atue também durante 24 horas semanais. Se não, a remuneração será proporcional à sua carga horária de trabalho.

As especificações para o cargo de Especialista em Educação Básica são (uma destas):

  • Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Pedagogia, com habilitação em Supervisão Pedagógica ou Orientação Educacional, expedido por instituição de ensino superior credenciada;
  • Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Pedagogia, regulamentado pela Resolução CNE/CP nº 01, de 15/05/2006, expedido por instituição de ensino superior credenciada;d
  • Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em qualquer área do conhecimento acrescido de certificado de pós-graduação em Supervisão Pedagógica ou Orientação Educacional, expedidos por instituição de ensino superior credenciada.

Para o Professor de Educação Básica, as exigências do cargo variam de acordo com a sua formação:

Professor de Artes

Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Arte/Educação Artística, incluindo as diversas linguagens artísticas, expedido por instituição de ensino superior credenciada.

Professor de Biologia/Ciências

Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Ciências Biológicas, expedido por instituição de ensino superior credenciada; ou curso superior (bacharelado ou tecnólogo), acrescido de curso de formação pedagógica para graduados não licenciados (realizado estritamente, nos termos da Resolução CNE/CEB nº 2, de 1997 ou do art. 14 da Resolução CNE/CP n2, de 2015), com habilitação específica em Ciências Biológicas.

Professor de Educação Física

Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Educação Física, expedido por instituição de ensino superior credenciada; ou curso superior (bacharelado ou tecnólogo), acrescido de curso de formação pedagógica para graduados não licenciados (realizado estritamente, nos termos da Resolução CNE/CEB nº 2, de 1997 ou do art. 14 da Resolução CNE/CP n2, de 2015), com habilitação específica em Educação Física.

Professor de Filosofia

Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Filosofia, expedido por instituição de ensino superior credenciada; ou curso superior (bacharelado ou tecnólogo), acrescido de curso de formação pedagógica para graduados não licenciados (realizado estritamente, nos termos da Resolução CNE/CEB nº 2, de 1997 ou do art. 14 da Resolução CNE/CP n2, de 2015), com habilitação específica em Filosofia.

Professor de Física

Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Física, expedido por instituição de ensino superior credenciada; ou curso superior (bacharelado ou tecnólogo), acrescido de curso de formação pedagógica para graduados não licenciados (realizado estritamente, nos termos da Resolução CNE/CEB nº 2, de 1997 ou do art. 14 da Resolução CNE/CP n2, de 2015), com habilitação específica em Física.

Professor de Geografia

Deve possuir diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Geografia, expedido por instituição de ensino superior credenciada; ou curso superior (bacharelado ou tecnólogo), acrescido de curso de formação pedagógica para graduados não licenciados (realizado estritamente, nos termos da Resolução CNE/CEB nº 2, de 1997 ou do art. 14 da Resolução CNE/CP n2, de 2015), com habilitação específica em Geografia.

Professores de História

Devem ter diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em História, expedido por instituição de ensino superior credenciada; ou curso superior (bacharelado ou tecnólogo), acrescido de curso de formação pedagógica para graduados não licenciados (realizado estritamente, nos termos da Resolução CNE/CEB nº 2, de 1997 ou do art. 14 da Resolução CNE/CP n2, de 2015), com habilitação específica em História.

Língua Estrangeira Moderna (Inglês)

Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Letras, com habilitação em Inglês, expedido por instituição de ensino superior credenciada; ou curso superior(bacharelado ou tecnólogo), acrescido de curso de formação pedagógica para graduados não licenciados (realizado estritamente, nos termos da Resolução CNE/CEB nº 2, de 1997 ou do art. 14 da Resolução CNE/CP n2, de 2015), com habilitação específica em Letras/Inglês.

Professor de Língua Portuguesa

Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Letras, com habilitação em Língua Portuguesa, expedido por instituição de ensino superior credenciada; ou curso superior(bacharelado ou tecnólogo), acrescido de curso de formação pedagógica para graduados não licenciados (realizado estritamente, nos termos da Resolução CNE/CEB nº 2, de 1997 ou do art. 14 da Resolução CNE/CP n2, de 2015), com habilitação específica em Letras/Língua Portuguesa;

Professor de Matemática

Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Matemática, expedido por instituição de ensino superior credenciada; ou curso superior (bacharelado ou tecnólogo), acrescido de curso de formação pedagógica para graduados não licenciados (realizado estritamente, nos termos da Resolução CNE/CEB nº 2, de 1997 ou do art. 14 da Resolução CNE/CP n2, de 2015), com habilitação específica em Matemática.

Professor de Química

Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Química, expedido por instituição de ensino superior credenciada; ou curso superior (bacharelado ou tecnólogo), acrescido de curso de formação pedagógica para graduados não licenciados (realizado estritamente, nos termos da Resolução CNE/CEB nº 2, de 1997 ou do art. 14 da Resolução CNE/CP n2, de 2015), com habilitação específica em Química;

Professor de Sociologia

Diploma devidamente registrado de curso legalmente reconhecido de Licenciatura Plena em Ciências Sociais, expedido por instituição de ensino superior credenciada; ou curso superior (bacharelado ou tecnólogo), acrescido de curso de formação pedagógica para graduados não licenciados (realizado estritamente, nos termos da Resolução CNE/CEB nº 2, de 1997 ou do art. 14 da Resolução CNE/CP n2, de 2015), com habilitação específica em Sociologia.

Atribuições

Atribuições Concurso SEE-MG

O Especialista em Educação Básica atuará em Escola Estadual mineira, para cumprir estas atribuições:

  • Exercer em unidade escolar a supervisão do processo didático como elemento articulador no planejamento, no acompanhamento, no controle e na avaliação das atividades pedagógicas, conforme o plano de desenvolvimento pedagógico e institucional da unidade escolar;
  • Atuar como elemento articulador das relações interpessoais internas e externas da escola que envolvam os profissionais, os alunos e seus pais e a comunidade;
  • Planejar, executar e coordenar cursos, atividades e programas internos de capacitação profissional e treinamento em serviço;
  • Participar da elaboração do calendário escolar;
  • Participar das atividades do Conselho de Classe ou coordená-las;
  • Exercer, em trabalho individual ou em grupo, a orientação, o aconselhamento e o encaminhamento de alunos em sua formação geral e na sondagem de suas aptidões específicas;
  • Atuar como elemento articulador das relações internas na escola e externas com as famílias dos alunos, comunidade e entidades de apoio psicopedagógicos e como ordenador das influências que incidam sobre a formação do educando;
  • Exercer atividades de apoio à docência;
  • Exercer outras atividades integrantes do plano de desenvolvimento pedagógico e institucional da escola, previstas no regulamento desta lei e no regimento escolar.

São funções do Professor de Educação Básica, independente de sua especialização de ensino superior:

  • Exercer a docência na educação básica, em unidade escolar, responsabilizando-se pela regência de turmas, pela orientação de aprendizagem na educação de jovens e adultos, pela substituição eventual de docente, pelo ensino do uso da biblioteca, pela docência em laboratório de ensino, em sala de recursos didáticos e em oficina pedagógica, por atividades artísticas de conjunto e acompanhamento musical nos conservatórios estaduais de música e pela recuperação de aluno com deficiência de aprendizagem;
  • Participar do processo que envolve planejamento, elaboração, execução, controle e avaliação do projeto político-pedagógico e do plano de desenvolvimento pedagógico e institucional da escola;
  • Participar da elaboração do calendário escolar;
  • Exercer atividade de coordenação pedagógica de área de conhecimento específico, nos termos do regulamento;
  • Atuar na elaboração e na implementação de projetos educativos ou, como docente, em projeto de formação continuada de educadores, na forma do regulamento;
  • Participar da elaboração e da implementação de projetos e atividades de articulação e integração da escola com as famílias dos educandos e com a comunidade escolar;
  • Participar de cursos, atividades e programas de capacitação profissional, quando convocado ou convidado; – acompanhar e avaliar sistematicamente seus alunos durante o processo de ensino-aprendizagem;
  • Realizar avaliações periódicas dos cursos ministrados e das atividades realizadas;
  • Promover e participar de atividades complementares ao processo da sua formação profissional;
  • Exercer outras atribuições integrantes do plano de desenvolvimento pedagógico e institucional da escola, previstas no regulamento desta lei e no regimento escolar.

Etapas do concurso

Etapas Concurso SEE-MG

A primeira etapa do Concurso SEE-MG possui prova objetiva de múltipla escolha, com cinco alternativas em cada questão.

Serão 30 questões de conhecimentos gerais e mais trinta de conhecimentos específicos, sendo que ambas possuem o mesmo peso (15 pontos para cada tipo). A duração será de duas a quatro horas, incluindo o preenchimento no cartão-resposta.

Será considerado aprovado na prova objetiva o candidato que obtiver pelo menos 50% de acertos na parte de conhecimentos gerais e também 50% na parte de conhecimentos específicos.

A segunda etapa inclui apenas os candidatos classificados na prova objetiva e é a avaliação dos títulos, onde será considerada e pontuada a formação acadêmica e o tempo de serviço do candidato.

A nota final será a soma dos pontos obtidos na prova objetiva, mais os pontos da avaliação de títulos, para classificação em lista de aprovação, em ordem decrescente de nota.

O que cai na prova

Conteúdo Concurso SEE-MG

Como citamos acima, serão cobradas trinta questões de conhecimentos gerais, sendo:

As trinta questões de conhecimentos específicos serão de acordo com a formação escolar. Cada enunciado vale um ponto.

Dicas para se preparar com qualidade

Dicas Concurso SEE-MG

Você é formado em uma disciplina – Matemática, por exemplo. Então se supõe que mais da metade do estudo para o Concurso SEE-MG já está feito.

Engana-se quem pensa assim! É preciso ser bom em todas as disciplinas, dedicando-se aos estudos diários de todas elas.

É claro que você não precisará dedicar-se tanto à sua disciplina de especialização, fazendo apenas revisões de conteúdo, para reforço, mas precisará estudar todas as matérias para ser bom em todas, até a véspera do concurso.

Programe-se resolvendo questões de concursos anteriores, estudando por apostilas, vídeos, cursos preparatórios, enfim, dedique-se!

A palavra-chave para passar em um concurso chama-se planejamento. Faça um bom plano de estudos e tenha tempo para tudo, sem abrir mão do que você gosta.

Materiais de Estudo

Agora, a parte mais esperada pelos leitores do Segredos de Concurso: os materiais de estudo.

Inicialmente, quero indicar uma apostila completa, que pode lhe ajudar significativamente a não estudar por materiais inadequados.

É fundamental evitar materiais incompletos, desatualizados ou com conteúdos que não caem na prova. Veja minha sugestão:

Apostila Concurso SEE-MG

Com o material completo em mãos, pegue agora os materiais a seguir, que servirão de complemento e diferencial.

O que aprendemos neste artigo

Hoje nos dedicamos ao concurso da Secretaria de Educação de Minas Gerais (SEE-MG), com vagas para Especialista de Educação Básica e Professor de Educação Básica.

Vimos informações sobre os cargos, as etapas do concurso, dicas e materiais para criar diferenciais.

Agora preciso de você!

Finalizando nosso artigo, gostaria de pedir um breve comentário dizendo o que você achou desse artigo.

Pra mim é essencial contar com a sua colaboração. Faço questão de ler cada comentário, e respondo na primeira oportunidade que surge.

Até a próxima!

😉