Como entrar (de verdade) no clima do seu Concurso!

O clima do seu concurso público

João se apaixonou por Rachel à primeira vista. Ela estava dançando na boate quando ele, de longe, admirou a beleza, os gestos e os sorrisos dela. Ficou tão empolgado que falou imediatamente a um amigo o quanto aquela garota tinha mexido com ele. O amigo disse que ela era bonita, mas que não achava lá essas coisas.

Mas João discordava do amigo, talvez via em Rachel o que ninguém tinha visto. Para sua sorte, viu a bela moça cumprimentar uma mulher com quem já trabalhou. Sim, João buscou a mulher e perguntou, ainda na boate, quem era aquela com sorriso tão gracioso. “É a Rachel! Uma amiga minha. Quer que te apresente?”.

É óbvio que João aceitou a proposta. Naquela noite, ele e Rachel conversaram bastante, criaram uma “bolha” e não deram atenção a ninguém e a nada naquele lugar – apenas um ao outro. Ao final, trocaram telefone, para marcar um encontro posteriormente.

João ligou para Rachel, marcaram o encontro e, após algumas saídas, começaram a namorar. Com alguns meses, ficaram noivos. Três anos após se conhecerem, casaram-se.

Comecei este artigo com essa pequena estória para você entender a dinâmica da sua relação com um concurso público: um verdadeiro casamento que você está prestes a aceitar. Assim como nesse pequeno conto, você não conseguirá casar sem antes observar, se informar, se relacionar e depois se dedicar até chegar ao seu objetivo final: a aprovação.

Por isso vou ensinar agora algumas técnicas para você se aproximar do seu Concurso Público, entendendo o contexto em que está inserido e garantindo que uma preparação na temperatura ideal. Assim como João buscou formas de se aproximar de Rachel, você também precisa entrar no clima do seu concurso.

Imagine se João, ainda na boate, pedisse Rachel em casamento? Que chances ele teria? Muita gente comete esse erro com os concursos. Você vai aprender agora a evitar isso.

A biografia do seu concurso

A biografia do seu Concurso Público

É muito comum, principalmente entre concurseiros iniciantes, considerar o concurso público que pretende realizar apenas através das informações mais atuais. Esse é um erro grave, que pode lhe levar a perder tempo desnecessariamente.

Quando for fazer um concurso pergunte-se o seguinte:

  • Como foram as edições anteriores desse concurso?
  • Quais são as características da organizadora (observando outros concursos realizados anteriormente)?
  • Qual conteúdo foi priorizado nas provas anteriores?
  • Qual era a concorrência, a distribuição de vagas e as fases das outras edições desse concurso?

Essas perguntas são básicas, e você pode tirá-las buscando provas, editais anteriores e notícias antigas do concurso que pretende realizar. Acredite: você se sentirá muito mais seguro quando tiver as informações da “biografia” do seu concurso.

O poder da informação

O poder da informação

Após estar dominando todo o histórico do seu concurso, a dica de ouro é manter-se informado sobre as atualidades do seu concurso. Busque o edital e leia com cuidado e atenção cada ponto. Pode ser um pouco enfadonho, mas lembre-se que o edital é uma lei que regula tudo que irá acontecer no seu concurso.

Ao fazer a inscrição num concurso você aceita todas as regras do edital. Lembre-se que não é prudente assinar nenhum contrato sem ler!

Como fonte de informações atualizadas sobre o concurso você deve obrigatoriamente estar atento ao site da organizadora do concurso, que é a responsável por realizar todos os procedimentos da concorrência, e o site da instituição que contratará os aprovados (Polícia Federal, IBGE, INSS, Banco do Brasil etc).

Conheça segredos para turbinar seus estudos!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente dicas surpreendentes sobre como estudar para Concurso!>

Além disso, sugiro que você acompanhe aquele que é o site mais tradicional em termos de informações sobre concursos públicos no Brasil, a Folha Dirigida. Ele ainda é uma boa forma de manter-se informado com credibilidade (pelo menos para concursos grandes como o do IBGE e o do INSS).

Observando a concorrência

Observando os concorrentes

Existem diversas formas de entrar em contato com pessoas que vão fazer o mesmo concurso que você. Mas a mais discreta, e certamente aquela onde você mais encontrará resultados interessantes, é através dos grupos do Facebook.

Sendo a maior rede social do mundo, não é difícil que muitos concurseiros aproveitem para interagir por lá. Mesmo candidatos a pequenos concursos encontram grupos com outros concurseiros.

Para isso basta pesquisar no próprio Facebook usando a expressão “Concurso Tal”. O legal é que você nem sequer precisa publicar algo, basta observar as informações, materiais e dicas que são postadas. Alguns grupos são verdadeiros impulsionadores de aprovação. Faça o teste!

Solidifique seu propósito!

Propósito para concurso público

Você acha que João e Rachel, e outros casais, até chegar ao casamento, não descobriram diferenças, discordâncias, desafios e dificuldades? Provavelmente muitos, mas uma coisa não os fez desistir: a solidez do propósito que possuíam.

Você vai se sentir cansado, entediado, tentado e desmotivado em vários momentos da sua preparação. Por isso, antes de iniciar você precisa assimilar solidamente que, não importa quão mal esteja se sentindo, as dificuldades não vão deixar você desistir.

Assim como uma rocha que sofre os efeitos do vento, da água e dos animais, mas permanece firme, você não deve pensar em recuar. A rocha pode até se transformar, mas resiste firmemente!

O que aprendemos neste artigo

Hoje aprendemos como realizar uma aproximação com as informações e o contexto do nosso concurso público, tanto para garantir segurança quanto para não deixar de observar regras importantes do certame.

Vimos fontes de conteúdo e informações e entendimentos necessário para iniciar adequadamente a preparação para um concurso público.

Agora preciso de você!

Após ter lido o artigo preciso muito que você me dê um retorno a respeito desse conteúdo. Para mim é fundamental saber o que você está achando para continuar publicando aqui no Segredos de Concurso.

Aproveite e deixe dicas de como você faz para se ambientar com o seu concurso público. Leio todos os comentários e respondo na primeira oportunidade possível.

Até a próxima!

😉

  • Saulo

    Excelente artigo, Danilo. Eu que casei a pouco tempo consegui enxergar similaridades entre o relacionamento afetivo e relacionamento com os concursos. Espero me casar com o INSS também..rsrs 😉

    • É isso, Saulo. Tenho certeza que vai conseguir. Forte abraço! 🙂

  • Fernando Sousa

    Parabéns pelo artigo Danilo.vou seguir suas excelentes dicas e obrigado por partilhá-las conosco.

  • Kamyla Strelhow

    Muito bom, adorei.

  • Ana Karoline

    Muito bom Danilo. Acho que ainda tenho problemas com foco. :/
    Sou funcionária pública, mas fui aprovada em outro concurso, na mesma área e na mesma esfera, também mesma carga horária (só ganha um pouco mais). Mas agora abriu o concurso do INSS e também é previsto um concurso da SEFAZ daqui. Meu Deus, … Não sei se tomo posse do concurso que fui aprovada, ou se continuo aqui (pois é bem tranquilo) para estudar para outros concursos. 😮

    • Oi, Ana! Essas dúvidas são bastante comuns. Mas aqui vai uma dica: pega um pedaço de papel e divide no meio. Vai colocando as vantagens e desvantagens de cada uma das alternativas. Guarda contigo. Depois reúne os familiares, ou pessoas que confia e lhe querem bem, e pergunta a eles o que eles acham das possibilidades. Compara com a sua visão. Tenho certeza que será muito mais fácil decidir.

      😉

  • Joscélia

    Parabéns! Gostei…

  • Renata Moura Maia

    Estou começando a estudar para concurso agora. Confesso que estou perdida. Comecei estudando Direito Constitucional pois matérias de matemática, português, informática e lógica são mais triviais. Não sei se estou começando bem.