Cronograma de Estudos: a fórmula simples para criar o seu!

Cronograma de Estudos

Você está precisando de um cronograma de estudos para fazer um concurso público, vestibular ou ENEM e não sabe por onde começar?

Fique tranquilo, isso é muito comum entre candidatos e estudantes. Como diz um amigo concurseiro, estudante geralmente sabe estudar, mas tem muita dificuldade em se organizar.

Por isso resolvi fazer um artigo completo sobre cronograma de estudos, uma ferramenta imprescindível para sua preparação ficar mais otimizada, simples e motivada. A seguir, uma definição do que é um cronograma de estudos:

Cronograma de estudos é uma ferramenta de gerenciamento de tempo utilizada por estudantes que pretendem se preparar para uma prova específica. É muito utilizado por concurseiros, vestibulandos e candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM.

Se você precisa dessa ferramenta, está no lugar certo. Um cronograma de estudos é um passo concreto para ter sucesso em qualquer prova que você realize.

Vamos lá!

Aprenda esta verdade…

Cronograma de Estudos - ENEM, concurso, vestibular

Vamos falar sério.

Quantas horas tem o seu dia? Quantas horas tem o dia do seu concorrente?

Se todos nós temos 24 horas disponíveis em um dia, é importante saber qual é o diferencial que faz com que uns se destaquem dos outros no gerenciamento de tempo.

Nesse sentido, é fundamental assistir o vídeo a seguir, de apenas 1 minuto, com o filósofo Mário Sérgio Cortella:

Captou a mensagem?

De que maneira você prioriza o seu concurso? Para fazer um cronograma de estudos que funcione realmente é preciso ter um bom grau de priorização, ou os resultados esperados não ocorrerão.

Primeiro passo: passando a tesoura

Cronograma de Estudos - organização

Já sabemos que priorizar nosso concurso significa destinar o máximo de tempo possível para ele. Então, é inevitável perguntar: quais são as atividades que você realiza e que podem ser eliminadas da sua rotina?

Digamos que você joga bola com os amigos duas vezes por semana. Que tal abrir mão de uma delas para garantir mais duas ou três horas livres para a sua preparação?

Talvez você tenha mais de um emprego: que tal pensar em reduzir os gastos e liberar tempo na sua agenda? Um concurso público exige dedicação séria e compromissada. Alguns sacrifícios precisam ser feitos.

Às vezes, é possível liberar bastante horas para compor um cronograma realista para quem pensa em alcançar a aprovação em uma concorrência alta.

Passe a tesoura naquilo que pode ser cortado!

Fique de olho no calendário

Cronograma de Estudos - Calendário

A primeira referência para montar o seu cronograma é a data da prova do seu concurso. A partir dela será possível projetar a organização do seu tempo.

Para isso, considere três classificações do seu tempo:

  • Tempo Bruto: é todo o tempo que você possui até o dia da prova. Pode ser que o seu concurso ocorra daqui a 6 meses, então é o tempo bruto que você tem para se preparar.
  • Tempo Indisponível: é todo o tempo que não pode ser utilizado para você estudar. Suas horas de sono, seu momento de alimentação e outras partes do seu tempo que estão indisponíveis.
  • Tempo Líquido: é todo tempo que você utiliza efetivamente para estudar. Após cortar o que pode ser cortado para liberar tempo livre, você terá o resultado final do tempo líquido de estudo.

Aqui reforço o que já disse há pouco: você precisa ter a capacidade de passar a tesoura em atividades que não colaboram com sua prioridade: passar no concurso dos seus sonhos.

Já que o tempo bruto não pode ser alterado, o que pode fazer a diferença é tornar disponível o tempo que parece indisponível. É o que faz o candidato de sucesso!

Regularidade e divisão do tempo

Regularidade e divisão do Tempo para concurso

Um fator importantíssimo na construção do seu cronograma de estudos é a manutenção de uma regularidade no contato com os estudos.

Digo sempre que é melhor estudar duas horas por dia em uma semana (chegando a 14 horas semanais) do que estudar 10 horas em apenas dois dias da semana (chegando a 20 horas semanais). A regularidade faz muita diferença, pois lhe torna íntimo do assunto.

Então, aqui vai uma regra de ouro: organize seu cronograma para que seja possível estudar pelo menos 5 dias da semana.

Se for possível, deixe apenas um dia do seu final de semana livre (o domingo, por exemplo). Dois dias seguidos sem contato com os livros já gera uma defasagem indesejável.

Além da regularidade, divida o tempo com o máximo de equivalência possível. Algumas pessoas têm mais tempo livre em alguns dias em relação a outros. Tente deixar isso o mais linear possível, para que todos os ciclos de estudo fiquem quase iguais.

Acredite: seu corpo e sua mente vai se acostumar com a rotina estabelecida, ao ponto de sentir falta no dia em que você não estuda.

Organizando o ciclo de estudo

Ciclo de estudo para concurso

Um ciclo de estudo é o período de tempo que você se dedica apenas à sua preparação em determinado dia. Geralmente os ciclos variam entre duas e oito horas diárias, a depender do tempo líquido que o candidato dispõe.

Existem várias possibilidades para você organizar o seu ciclo, uma sugestão é inserir os seguintes elementos:

  1. Preparação e organização dos materiais
  2. Visualização de texto ou vídeo motivacional
  3. Primeira parte de estudo
  4. Intervalo
  5. Segunda parte de estudo
  6. Revisão

A seguir, explico cada uma dessas partes.

Preparação e organização dos materiais: é o momento onde você irá deixar tudo pronto para os seus estudos. Organizar a sua mesa para estudo, e selecionar os objetos necessários vai lhe ajudar a não perder tempo.

Visualização de texto ou vídeo motivacional: há quem ache bobagem, mas considero imprescindível intensificar a motivação toda vez que for iniciar os estudos. Por isso publiquei aqui o eBook Motivação Diária para Concurseiros, um material que pode lhe ajudar a ganhar motivação em pouco tempo.

Primeira parte do estudo: aqui você entra no conteúdo programático. Nunca esqueça de estudar com base no edital do seu concurso, escolhendo os cursos e apostilas para concursos de verdadeira qualidade.

Intervalo: que tal uma pausa para um café, uma água e uma caminhada de poucos minutos para espairecer? Talvez um lanche ou uma brincadeira com seu cachorro. 😉

Segunda parte do estudo: novamente, imersão no conteúdo programático.

Revisão: um dos pontos fundamentais é incluir a revisão do conteúdo que você acabou de estudar. É um método para se apropriar do conhecimento que você acabou de estudar.

Quer ver isso na prática? Vamos para o próximo tópico!

Modelo de Cronograma de Estudos na prática

Modelo de Cronograma de Estudos

Para facilitar sua vida, fiz um modelo básico de um cronograma de estudos para você se inspirar e organizar melhor o seu tempo na preparação.

O modelo está baseado em uma rotina de estudos de duas horas diárias, o mínimo que podemos considerar para quem está focado e priorizando um concurso (a não ser que você esteja estudando a muito longo prazo).

Se você conseguir seguir essa rotina de segunda a sábado, já é um bom início.

Pegue aqui o modelo cronograma de estudos!

Como superar o Cronograma e criar diferenciais

Cronograma de estudos para concurso

Há uma forma de “burlar” positivamente o cronograma que você mesmo estabeleceu. É estudar “por fora”, ou seja, aproveitar o tempo indisponível para incluir nele elementos da sua preparação.

Exemplo: na fila do banco, ou enquanto está no ônibus/metrô você pode estudar por áudio ou assistir uma vídeo-aula em seu celular ou tablet. Também é possível se divertir assistindo filmes que tem conexão com o seu conteúdo programático.

Independentemente da rotina que você pratica, sempre é possível fazer algo a mais para priorizar verdadeiramente o seu concurso.

Lembre sempre que o tempo passa, e com ele as oportunidades de ter o sonho do cargo público estável.

O que aprendemos neste artigo

Hoje aprofundamos o conhecimento sobre a metodologia de construção de um bom cronograma de estudos. Vimos como adquirir tempo para criar um cronograma minimamente eficiente.

Também oferecemos um modelo em PDF, para você baixar e organizar sua preparação para qualquer concurso público.

Agora preciso de você!

Chegamos ao final de mais um artigo, e gostaria muito que você me ajudasse.

Deixe um comentário dizendo o que achou desse artigo e como você organiza os seus estudos. Pra mim é fundamental ter a sua participação.

Faço questão de ler cada comentário e responder na primeira oportunidade que surge.

Até a próxima!

😉