Concurso Analista MPU: o Guia Completo (com materiais em PDF)!

Concurso Analista MPU

O Concurso MPU está entre os principais concursos públicos brasileiros, atraindo milhares de candidatos em todo o Brasil, interessados pelas vagas de remuneração alta em todas as unidades da federação. Hoje vamos focar no Concurso Analista MPU, que possui vagas de nível superior para o Ministério Público da União.

Vamos falar dos requisitos, atribuições e os detalhes sobre a estrutura da prova. Finalmente, você terá acesso a materiais exclusivos em PDF para download.

Caso surja alguma dúvida ao longo do artigo deixe um comentário para que possamos ajudar.

Vamos nessa!

O Concurso Analista MPU 2018

O Concurso Analista MPU 2018 já está aberto, com 36 vagas imediatas para Analista Especialista em Direito, mais o cadastro de reserva (que tem a tradição de convocar centenas de aprovados).

Você pode se inscrever até o dia 10 de setembro de 2018. A prova do concurso ocorre em 21 de outubro de 2018.

Ao ser aprovado, sua remuneração será de R$12.169,89 mil reais. Veja todas as informações a seguir.

O que é o MPU?

O que faz o MPU?

O Ministério Público da União trabalha com as seguintes responsabilidades:

  • Defesa da ordem jurídica, ou seja, o Ministério Público deve zelar pela observância e pelo cumprimento da lei.
  • Defesa do patrimônio nacional, do patrimônio público e social, do patrimônio cultural, do meio ambiente, dos direitos e interesses da coletividade, especialmente das comunidades indígenas, da família, da criança, do adolescente e do idoso.
  • Defesa dos interesses sociais e individuais indisponíveis.
  • Controle externo da atividade policial. Trata-se da investigação de crimes, da requisição de instauração de inquéritos policiais, da promoção pela responsabilização dos culpados, do combate à tortura e aos meios ilícitos de provas, entre outras possibilidades de atuação. Os membros do MPU têm liberdade de ação tanto para pedir a absolvição do réu quanto para acusá-lo.

É nessa instituição que você quer trabalhar?

Atribuições do Analista de Direito do MPU

Atribuições do Concurso MPU

Agora vejamos quais são as atribuições básicas do Analista da Especialidade de Direito:

  • Assessorar os membros e chefias na coordenação e supervisão das atividades de processos judiciais e administrativos e de procedimentos extrajudiciais.
  • Planejar e executar tarefas relativas à análise jurídica de atos, documentos, processos judiciais e administrativos e de procedimentos extrajudiciais, produzindo os atos e documentos pertinentes;
  • Elaborar minutas de petições, denúncias, recursos, acordos judiciais ou extrajudiciais, termos de ajustamento de conduta, decisões, despachos, pareceres, notas técnicas, notificações, votos e atos congêneres, bem como manifestações jurídicas para subsidiar decisão administrativa.
  • Receber, analisar, acompanhar e dar andamento a processos e a outros documentos.
  • Auxiliar na instrução de processos, procedimentos e inquéritos civis e analisar inquéritos policiais.
  • Controlar prazos prescricionais.
  • Proceder à oitiva de vítimas, testemunhas e quaisquer outras pessoas que possam, direta ou indiretamente, colaborar com a instrução processual, reduzindo a termo suas declarações.
  • Realizar análise prévia e triagem de representações, denúncias, processos e procedimentos.
  • Realizar pesquisa, seleção, indexação e estudo de legislação, doutrina e jurisprudência.
  • Acompanhar a atualização legislativa.
  • Observar os prazos processuais e de conclusão de investigações.
  • Conferir atos e andamentos processuais.
  • Providenciar o cumprimento de decisões e despachos.
  • Atuar na manualização de processos e na elaboração de instrumentos normativos.
  • Acompanhar a tramitação de processos judiciais e administrativos e de procedimentos extrajudiciais.

Esse será seu dia-a-dia quando tomar posse no cargo de Analista do MPU.

Requisitos do cargo

Requisito Concurso Analista MPU

Agora que você já conhece as atribuições, chegou a hora de compreender os requisitos para assumir o cargo. Confira:

  • Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em
    Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
  • Ser aprovado no concurso público.
  • Ter a nacionalidade brasileira ou portuguesa e, no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do § 1º do art. 12 da Constituição Federal.
  • Estar em gozo dos direitos políticos.
  • Estar quite com as obrigações militares, em caso de candidato do sexo masculino.
  • Estar quite com as obrigações eleitorais.
  • Possuir os requisitos exigidos para o exercício do cargo.
  • Ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse.
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo.
  • Apresentar, se solicitado, previamente à posse, todos os documentos listados em edital (certidões e declarações).
  • Estará impedido de tomar posse o candidato que não cumprir qualquer dos requisitos anteriores  e, ainda, que: for ex‐empregado público demitido por justa causa ou ex‐servidor demitido ou destituído de cargo público, na vigência do prazo de incompatibilidade para investidura em cargo público federal; Exercer cargo, emprego ou função pública inacumulável; perceber proventos de aposentadoria decorrente dos arts. 40, 42 e 142 da Constituição Federal, ressalvados os cargos acumuláveis.

Prova do Concurso

Prova do Concurso Analista MPU

A prova do Concurso Analista MPU é dividida em três partes:

  1. Prova de Conhecimentos Básicos – 50 questões.
  2. Prova de Conhecimentos Específicos – 70 questões.
  3. Prova Discursiva.

Conhecimentos Básicos

  • Língua Portuguesa
  • Acessibilidade
  • Ética no Serviço Público
  • Legislação aplicada ao MPU e ao CNMP

Conhecimentos Específicos

Os melhores materiais para estudar (e baixar em PDF)

Um concurso que dá acesso a um cargo com remuneração superior a R$12 mil reais deve ser levado muito a sério pelo candidato.

Primeiro, não subestime o Concurso Analista MPU: estude diariamente, criando uma rotina consistente de preparação. Assim você cria o hábito de estudar e acostuma seu corpo e sua mente aos estudos.

Resolva o máximo de questões de concursos anteriores para colocar em prática seus conhecimentos. Conheço muitos candidatos que aprendem o assunto mas não conseguem acertar questões, mesmo após muito estudar.

Por fim, mas não menos importante, você deve utilizar materiais de confiança para estudar. Existem apostilas soltas na internet com conteúdo desatualizado, faltando conteúdo ou com conteúdo desnecessário, o que fará você perder tempo.

Para o Concurso Analista MPU sugiro o material a seguir, 100% confiável, feito exclusivamente de acordo com o edital e atualizado:

(Você pode devolver o material em até 30 dias, caso não goste do conteúdo).

Apostila Concurso Analista MPU

Trata-se de um ótimo custo/benefício para um material utilizado por candidatos de alto desempenho para um cargo de remuneração acima da média.

Agora pegue alguns materiais complementares para ficar melhor informado e criar diferenciais nos seus estudos:

Bons estudos!

O que aprendemos neste artigo

Hoje fizemos uma jornada sobre o Concurso de Analista do Ministério Público da União. Vimos as características da instituição e do cargo, além de dicas sobre o edital do concurso e a estrutura da prova.

Finalizando, você teve acesso a materiais exclusivos para uma preparação consistente.

Tenho um convite para você!

Comente esse artigo e contribua de maneira 100% gratuita para o trabalho que realizamos aqui. Deixe dúvidas, críticas e sugestões sobre o que acabou de ler.

Faço questão de ler cada comentário e respondo na primeira oportunidade possível.

Até a próxima!

😉