Concurso MPU: o Guia Completo com materiais e informações!

Concurso MPU 2017

Saudações, concurseiros! Como vão os estudos?

Estamos de volta com um artigo aprofundadíssimo sobre um dos concursos públicos mais desejados do país, o do Ministério Público da União – MPU. Aqui vamos fazer um verdadeiro mergulho detalhado sobre os principais aspectos desse concurso, que costuma atrair a atenção de milhares de candidatos em todo o Brasil.

Não é para menos: estamos falando de um concurso que oferece vagas de nível médio e superior, com salários que superam os valores de R$7 mil e R$11 mil, respectivamente. E o melhor de tudo: existem locais de trabalho espalhados por todo o Brasil, o que torna o concurso ainda mais atraente.

Antes de discutirmos o concurso do MPU, precisamos saber com clareza qual é a função do Ministério Público da União, e onde você pode trabalhar, caso seja aprovado(a).

É bom lembrar que a partir de 7 de agosto o concurso anterior perde validade, o que abre caminho para o MPU realizar novo certame.

Com essa informação, e com a recente movimentação do órgão para definir as vagas do concurso, a dedicação ao Concurso MPU se torna urgente.

Por isso, vamos lá!

Qual é a função do MPU

Concurso Ministério Público da União (MPU)

Antes de qualquer coisa, preciso dizer que, ao ser aprovado no concurso MPU, você poderá trabalhar em uma dessas quatro estruturas (os ramos do MPU):

  1. O Ministério Público Federal (MPF);
  2. O Ministério Público do Trabalho (MPT);
  3. O Ministério Público Militar (MPM);
  4. O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

Isso significa que você prestará concurso para técnico ou analista do MPU e irá trabalhar em um desses ramos. De maneira geral, podemos definir como funções do Ministério Público da União os seguintes tópicos:

  • Defesa da ordem jurídica, ou seja, o Ministério Público deve zelar pela observância e pelo cumprimento da lei. O MPU é considerado um fiscal da lei.
  • Defesa do patrimônio nacional, do patrimônio público e social, do patrimônio cultural, do meio ambiente, dos direitos e interesses da coletividade, especialmente das comunidades indígenas, da família, da criança, do adolescente e do idoso.
  • Defesa dos interesses sociais e individuais.
  • Controle externo da atividade policial. Trata-se da investigação de crimes, da requisição de instauração de inquéritos policiais, da promoção pela responsabilização dos culpados, do combate à tortura e aos meios ilícitos de provas, entre outras possibilidades de atuação. Os membros do MPU têm liberdade de ação tanto para pedir a absolvição do réu quanto para acusá-lo.

Como você vê, o MPU tem papel fundamental para a democracia brasileira. Tomara que você já esteja empolgado com a possibilidade ajudar nessas missões.

Vamos agora aos papéis específicos dos quatro ramos do Ministério Público da União. Talvez desde já você reconheça em qual área gostaria de atuar.

O Ministério Público Federal (MPF)

Concurso MPF 2017

Primeiro, o Ministério Público Federal, mais conhecido como MPF. O Ministério Público Federal atua na Justiça Federal, em causas nas quais a Constituição considera haver interesse federal. A atuação pode ser judicial como fiscal da lei, cível e criminal, mas também pode ser extrajudicial, quando atua por meio de recomendações e promove acordos por meio dos Termos de Ajuste de Conduta (TAC).

Algumas instâncias onde o MPF atua: perante o Supremo Tribunal Federal (STF), o Superior Tribunal de Justiça (STJ), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os tribunais regionais federais, os juízes federais e os juízes eleitorais.

Quando um processo em andamento na Justiça Federal envolve interesse público relevante, como um direito coletivo ou individual, o Ministério Público Federal deve ser ouvido, mesmo que não seja autor da ação. Essa é a atuação como fiscal da correta aplicação da lei.

Um grande exemplo de atuação do Ministério Público Federal é o que ocorre na famosa Operação Lava-Jato, onde o Procurador Geral da República (Chefe do Ministério Público Federal) faz várias denúncias e investigações de corrupção no Brasil.

Veja algumas manchetes que mostram a atuação do MPF:

Concurso MPF

Concurso MPF 2017

Concurso MPF

Sendo técnico ou analista do MPU, e sendo direcionado para o MPF, você irá dar o suporte para que ações desse tipo ocorram.

As funções do Ministério Público do Trabalho (MPT)

Concurso MPT 2017

Outro nobre ramo do Ministério Público da União, onde você poderá trabalhar após passar no Concurso MPU, é o Ministério Público do Trabalho (MPT). Ele tem como atribuição fiscalizar o cumprimento da legislação trabalhista quando houver interesse público, procurando regularizar e mediar as relações entre empregados e empregadores. Cabe ao MPT promover a ação civil pública no âmbito da Justiça do Trabalho para defesa de interesses coletivos, quando desrespeitados direitos sociais constitucionalmente garantidos aos trabalhadores. Também pode manifestar-se em qualquer fase do processo trabalhista, quando entender existente interesse público que justifique. O MPT pode ser árbitro ou mediador em dissídios coletivos e pode fiscalizar o direito de greve nas atividades essenciais.

Compete, ainda, ao MPT propor as ações necessárias à defesa dos direitos e interesses dos menores, incapazes e índios, decorrentes de relações de trabalho, além de recorrer das decisões da Justiça do Trabalho tanto nos processos em que for parte como naqueles em que oficie como fiscal da lei.

Assim como os demais ramos do MP, o MPT exerce importante papel na resolução administrativa (extrajudicial) de conflitos. A partir do recebimento de denúncias, representações, ou por iniciativa própria, pode instaurar inquéritos civis e outros procedimentos administrativos, notificar as partes envolvidas para que compareçam a audiências, forneçam documentos e outras informações necessárias.

Muita gente que faz o Concurso MPU busca trabalhar no MPT, pela natureza ligada aos direitos dos trabalhadores.

Veja algumas manchetes que mostram como trabalha o MPT:

Concurso MPT 2017

Concurso MPT 2017

Concurso MPT 2017

Interessante, não é mesmo?

 

As funções do Ministério Público Militar (MPM)

Concurso MPU 2017

E o Ministério Público Militar? Qual a função desse ramo do MPU? Talvez seja uma opção que lhe interesse ao fazer o Concurso MPU.

O MPM atua na apuração dos crimes militares, no controle externo da atividade policial judiciária militar e na instauração do inquérito civil objetivando a proteção, a prevenção e a reparação de dano ao patrimônio público, ao meio ambiente e aos bens e direitos de valor histórico e cultural; a proteção dos interesses individuais indisponíveis, difusos e coletivos; a proteção dos direitos constitucionais no âmbito da administração militar.

É o Ministério Público Militar que atua em causas ligadas às Forças Armadas, por exemplo (Exército, Marinha e Aeronáutica), além das policiais militares estaduais.

As funções do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT)

Concurso MPU 2017

Por fim, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios – outra opção para quem faz o Concurso MPU e gostaria de morar em Brasília-DF e região. O MPDFT realiza trabalho semelhante aos ministérios públicos estaduais.

Assim, essa instituição trabalha para garantir o respeito à Lei e aos interesses da sociedade do Distrito Federal. Ou seja, apesar de pertencer à estrutura do MPU, o MPDFT não cuida de matérias da competência da Justiça Federal, mas sim das que competem as Justiças Estaduais. Seus integrantes atuam perante o Poder Judiciário do Distrito Federal.

Para esse fim, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios atua em diversas áreas, tais como: criminal, meio ambiente, patrimônio público, saúde, educação, infância e juventude e filiação.

O que fazem os técnicos e analistas do MPU

Técnico e Analista MPU

Este artigo foi escrito especialmente para aqueles que buscam uma vaga no Concurso MPU para técnico (nível médio) e analista (nível superior). Agora que já sabemos quais são as funções de cada ramo do MPU onde você pode trabalhar – MPF, MPT, MPM e MPDFT – vamos partir para as características desses dois cargos. Confira:

Técnico do MPU

Caso você seja aprovado no Concurso MPU no cargo de Técnico, deverá realizar as seguintes atividades:

  • Auxiliar, dentro ou fora do ambiente da sede de trabalho, os membros e as chefias em processos judiciais e administrativos e em procedimentos extrajudiciais;
  • Atuar em processos judiciais e administrativos e em procedimentos extrajudiciais;
  • Auxiliar os membros e as chefias em eventos oficiais, audiências e diligências;
  • Elaborar e analisar informações, certidões, declarações, relatórios e documentos congêneres; elaborar minutas de atos administrativos e normativos;
  • Atuar em planos, programas, projetos e convênios;
  • Atuar na gestão de contratos quando formalmente designado;
  • Realizar estudos, pesquisas e levantamentos de dados;
  • Participar de reuniões, comissões, grupos e equipes de trabalho;
  • Participar do planejamento estratégico institucional e dos planos da sua unidade de atuação;
  • Observar e zelar pela segurança institucional no âmbito de sua área de atuação;
  • Atender o público interno e externo por telefone, correio eletrônico ou presencialmente;
  • Orientar quanto à aplicação das normas internas ou de sua área de atuação;
  • Contribuir para a melhoria contínua dos processos e rotinas de trabalho;
  • Orientar e supervisionar estagiários e aprendizes;
  • Inserir dados e utilizar os sistemas de informação corporativos;
  • Observar e zelar pelo cumprimento dos prazos;
  • Realizar tarefas de expediente; realizar atividades relativas à instrução, tramitação e movimentação de processos, procedimento e documentos; manter e controlar o arquivo setorial;
  • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pela autoridade competente.

O salário do técnico do MPU atualmente é de R$ 7.260,41, e o nível de escolaridade é o ensino médio.

Analista do MPU

No caso da aprovação no cargo de analista, sua missão estará relacionada aos seguintes aspectos:

  • Assessorar, dentro ou fora do ambiente da sede de trabalho, os membros e as chefias em processos judiciais e administrativos e em procedimentos extrajudiciais;
  • Atuar em processos judiciais e administrativos e em procedimentos extrajudiciais;
  • Assessorar os membros e as chefias em eventos oficiais, audiências e diligências;
  • Realizar avaliações e vistorias;
  • Realizar perícias quando formalmente designado pelo órgão competente;
  • Acompanhar o desenvolvimento de trabalhos periciais;
  • Realizar estudos, pesquisas e levantamentos de dados;
  • Elaborar e analisar informações, certidões, declarações, laudos, pareceres, relatórios e documentos congêneres;
  • Elaborar minutas de atos administrativos e normativos;
  • Propor planos, projetos, programas, diretrizes e políticas de atuação;
  • Atuar em planos, programas, projetos e convênios;
  • Atuar na gestão de contratos quando formalmente designado;
  • Participar de reuniões, comissões, grupos e equipes de trabalho;
  • Participar do planejamento estratégico institucional e dos planos da sua unidade de atuação;
  • Observar e zelar pela segurança institucional no âmbito de sua área de atuação;
  • Atender ao público interno e externo por telefone, correio eletrônico ou presencialmente;
  • Prestar informações sobre a localização e tramitação de processos e documentos;
  • Orientar quanto à aplicação das normas internas ou da sua área de atuação;
  • Contribuir para a melhoria contínua dos processos e rotinas de trabalho;
  • Orientar e supervisionar estagiários e aprendizes;
  • Inserir dados e utilizar os sistemas de informação corporativos;
  • Observar e zelar pelo cumprimento dos prazos;
  • Realizar tarefas de expediente;
  • Realizar atividades relativas à instrução, tramitação e movimentação de processos, procedimentos e documentos;
  • Manter e controlar o arquivo setorial;
  • Executar demais atividades necessárias ao desempenho do cargo ou outras que eventualmente venham a ser determinadas pela autoridade competente.

O salário do analista do MPU atualmente é de R$11.345,90, e o nível de escolaridade é o ensino superior.

Preparado(a) para assumir essas responsabilidades logo após passar no Concurso MPU? 😉

O Concurso MPU vai mesmo ocorrer?

Edital Concurso MPU 2017

Tá… Não adianta ficar de água na boca com as funções, o salário e as atribuições sem saber se o concurso MPU vai mesmo ocorrer, não é mesmo? Por isso trago notícias excepcionais. O concurso já está sendo preparado. Veja essa portaria publicada pelo Procurador Geral da República:

Abertura Concurso MPU 2017

Isso mesmo: o MPU está preparando um novo concurso e você tem a chance de estudar agora, com antecedência, para a sua vaga. Um verdadeiro sonho, não é mesmo?

😀

A Lei Orçamentária Anual deste ano prevê a admissão de 681 novos servidores para o MPU, confirmando a existência de orçamento para viabilizar o concurso. Há ainda 1.762 cargos vagos no órgão, que poderão elevar, durante o prazo de validade, o número de aprovados convocados no concurso anunciado. Os dados são do site do MPU.

Lembre-se: você está entrando em contato neste momento com uma informação preciosa, tendo oportunidade de estudar com antecedência para um concurso que vai mobilizar, logo, logo, milhares de candidatos em todo o país. Não fuja dessa oportunidade, não se desmotive, não esqueça nem deixa pra estudar depois, quando o edital sair ou as inscrições iniciarem. Para ter resultados diferentes você precisa agir diferente. Planeje sua preparação passo-a-passo. Posso lhe ajudar nisso. Continue lendo…

Como se preparar para o Concurso MPU

Estudar para o Concurso do MPU

Agora vamos à parte mais importante deste artigo sobre o Concurso MPU: a estratégia para estudar e passar no certame. Primeiro ponto: saber o que cai na prova. Veja como ocorreu no último concurso, realizado em 2015 (9º Concurso do MPU):

  • 70 questões de conhecimentos específicos
  • 50 questões de conhecimentos básicos

Essa lógica ocorreu em ambos os cargos – tanto técnico do MPU quanto Analista do MPU.

As disciplinas de conhecimentos básicos são as seguintes, tanto para o cargo de Analista quanto para o cargo de Técnico:

  • Língua Portuguesa
  • Noções de Direito Administrativo
  • Legislação Aplicada ao MPU
  • Ética no Serviço Público

Embora as disciplinas sejam as mesmas, é bom ressaltar que os conteúdos são distintos, sendo cobrado mais, obviamente, no concurso de analista (que também tem prova de redação).

Na parte de conhecimentos específicos, vai depender da área em que você se inscrever. Por exemplo: o analista especialidade atuarial precisará estudar contabilidade, matemática financeira e atuarial. O analista de finanças e controle deve estudar finanças, controle interno e outras disciplinas ligadas à área.

A mesma lógica ocorre no concurso de técnico do MPU. O técnico de segurança e transporte precisará estudar trânsito e manutenção veicular e segurança institucional, por exemplo.

(Veja no pacote de materiais abaixo as habilitações existentes nas carreiras de técnicos e analistas do MPU)

O último concurso foi realizado pela Cespe/Unb. Se você quiser saber as manhas dessa organizadora, veja este artigo.

Quanto antes você iniciar sua preparação para o Concurso MPU, melhor. A tendência é que muita gente se mobilize para estudar desde agora – por isso é fundamental criar diferenciais da concorrência com antecipação. Se o Concurso MPU poderá mudar sua vida, lhe dando vencimentos de mais de R$7 mil ou R$11 mil reais, então dedique-se proporcionalmente a esse sonho.

Os materiais a seguir podem lhe ajudar muito!

Pacote de materiais para o Concurso MPU

Apostila Concurso MPU

Se você está em busca dos melhores materiais, apostilas e cursos para o Concurso MPU, tenho algumas dicas importantíssimas para você. Primeiro, não é preciso estudar para nenhum concurso sem ter o “mapa” dele: o edital do concurso. É nele que está definido cada tópico que você precisa aprender para ser aprovado no Concurso MPU.

Além disso, selecionei diversos materiais que julgo de extrema importância para iniciar sua preparação. Veja a lista completa do que estou disponibilizando:

  • Edital dos concursos 2013 e 2015
  • Lista dos cargos, atribuições e habilitações dos técnicos e analistas do MPU
  • Mais de 40 provas de concursos anteriores do MPU
  • Estatuto do MPU
  • Apostila de Direito Administrativo

Com esses materiais você pode dar um pontapé inicial nos estudos para o Concurso MPU. É importante dizer que eles não são suficientes para um estudo amplo, completo e sistemático. Nesse caso, você precisa de um material completo e atualizado, feito especialmente para o Concurso MPU:

Material Concurso MPU 2017

Com um material completo em mãos, você poderá se preparar com antecedência e qualidade para o Concurso do MPU, criando diferenciais com o pacote que preparei.

Baixe aqui o pacote de materiais!

Excelente oportunidade! 😉

Uma última dica para você

Concurso MPU 2017

Se você chegou até aqui, significa que está mesmo interessado no Concurso do MPU. Por isso gostaria de lhe convidar para uma reflexão. Ela tem muito a ver com a sua intenção real de realizar esse concurso. Faça-se a seguinte pergunta:

O Concurso do MPU faz parte de qual plano da minha vida?

Pode haver várias respostas. Talvez o plano seja ganhar dinheiro. Adquirir status. Viver num ambiente de trabalho diferente. Ajudar as pessoas através do trabalho em uma instituição pública de grande importância…

Sugiro essa reflexão porque, na verdade, você já está começando a tornar-se um funcionário do MPU a partir do momento em que seu olho brilhou ao saber que o concurso vai ocorrer. Deixar para pensar nisso depois é correr o risco de se frustrar, perder tempo ou se arrepender.

Além disso, cá pra nós, é muito mais motivador perceber que você começa a ser um servidor do MPU agora. É assim que você deve agir!

Ao tomar posse no cargo, você não vai poder dizer não para uma ordem legal dada pelo seu chefe. O seu horário será fixo, você enfrentará desafios burocráticos, interpessoais, emocionais… Então, pense bem: será que a parte da preparação e dos estudos é a mais difícil?

Não quero lhe assustar, mas fazer com que você perceba que assumir responsabilidades, ser disciplinado e superar desafios é a rotina de uma organização pública como o MPU. Que tal começar a treinar para isso aqui mesmo, neste momento, sem desculpas, procrastinações nem preguiças?

Muitas vezes não nos empenhamos em um objetivo porque não conseguimos vislumbrar a curto prazo os benefícios dos resultados. Então, uma boa prática é ver que os resultados já estão nas suas mãos. O objetivo começa a ser conquistado quando você começa a se interessar pelo concurso.

Por que parar no meio do caminho? Por que não acordar, diariamente, com foco no que vai fazer bem a sua vida e aos outros? Tenho certeza que você fará uma diferença enorme ao assumir o cargo no MPU. Então, é hora de se empenhar!

Você já está trabalhando para o MPU. Só precisa acreditar nisso…

Espero que tenha entendido o recado!

🙂

O que aprendemos neste artigo

Hoje fizemos um grande aprofundamento no Concurso do Ministério Público da União, que está com vagas previstas para os cargos de técnico e analista do MPU. Os salários desses cargos são de mais de R$7 mil e R$11 mil reais, respectivamente.

Pudemos ver quais são os ramos do MPU – MPF, MPT, MPM e MPDFT – conhecendo em detalhes as atribuições deles. Também conhecemos a natureza dos cargos, requisitos para ingresso e dicas de estudo para o Concurso MPU. No final de tudo, indiquei um pacote de material de estudo com editais, questões e apostilas para deixar sua preparação diferenciada.

Agora preciso de você!

Bom… Se você não sabe, o grande combustível do Segredos de Concurso chama-se comentário! Para mim é muito relevante ter o feedback do leitor sobre o conteúdo produzido aqui no blog.

Especificamente sobre o Concurso MPU, gostaria de saber quais dúvidas você tem, o que achou do artigo, o que podemos acrescentar para melhorar a qualidade… Enfim. Fique à vontade para opinar, discordar, criticar ou elogiar.

Leio cada comentário com muita atenção, e respondo na primeira oportunidade que aparece. Comente!

Até a próxima!

😉