Concurso SEFAZ-DF: o Guia Completo com materiais em PDF!

Concurso SEFAZ-DF

Chegou a hora de falarmos sobre o Concurso SEFAZ-DF, um dos concursos mais importantes do Distrito Federal, e que oferece uma remuneração bem interessante para quem quer ingressar na Secretaria da Fazenda do Distrito Federal.

Neste artigo vamos comentar sobre cada detalhe da prova do concurso, para que você possa iniciar uma preparação de qualidade para o concurso.

Além da estrutura e etapas do concurso, vamos analisar os detalhes da prova e do conteúdo programático, para que você saiba como organizar sua preparação.

Caso surja qualquer dúvida ao longo do artigo, deixe um comentário para que possamos esclarecer.

Vamos nessa!

O Concurso SEFAZ-DF 2018

Concurso Auditor Fiscal SEFAZ-DF 2018

Já está sendo preparado o Concurso da Secretaria da Fazenda do Distrito Federal de 2018, com 120 vagas de Auditor Fiscal.

O projeto básico do concurso já está pronto, e a licitação para a contratação da banca ocorrerá nos próximos dias.

Do total de vagas disponíveis, 40 são para nomeação imediata e 80 são para o cadastro de reserva. Ao longo do artigo vou dar todos os detalhes já confirmados sobre o concurso, para que você possa começar a se preparar agora.

O trabalho da SEFAZ-DF

O trabalho da SEFAZ-DF

A esta altura é essencial que você entenda como a SEFAZ do Distrito Federal atua, pois é nesta instituição que você terá que trabalhar durante décadas.

De acordo com o Decreto 35.565/2014, as competências da SEFAZ-DF são as seguintes:

  • Promover a gestão tributária, fiscal, contábil, patrimonial e financeira distrital.
  • Supervisionar, coordenar e executar a política tributária do Distrito Federal, compreendendo as atividades de arrecadação, atendimento ao contribuinte, tributação e fiscalização.
  • Administrar as dívidas públicas interna e externa do Distrito Federal.
  • Executar as operações de crédito do Distrito Federal.
  • Elaborar estudos voltados para o acompanhamento da conjuntura econômico-financeira e de natureza tributária do Distrito Federal.
  • Supervisionar as atividades do Banco de Brasília S/A – BRB.
  • Executar outras atividades inerentes ao seu campo de atuação e as que lhe forem delegadas pelo Governador do Distrito Federal.

Ao passar no concurso, você colaborará com essas atividades.

O cargo de Auditor Fiscal da SEFAZ-DF

Agora vamos entender as características do cargo de Auditor Fiscal da Receita do Distrito Federal. No vídeo a seguir, de apenas 2 minutos, você verifica a função do Auditor da Receita Federal, atividade semelhante à do Auditor da SEFAZ-DF – basta adaptar as atribuições à fiscalização de impostos estaduais:

Basicamente, o Auditor-Fiscal da Receita Estadual do Distrito Federal exerce as funções de lançamento, fiscalização, arrecadação e administração dos tributos de competência do Distrito Federal.

A remuneração inicial do cargo é de R$14.970,00 mil reais, mas ao longo da carreira o valor chega a ser superior a R$22.000,00 mil reais.

O requisito básico do concurso é a graduação de nível superior em qualquer área de formação ou habilitação legal equivalente, reconhecida pelo MEC.

A prova do Concurso Auditor Fiscal SEFAZ-DF

Prova de Auditor do Concurso SEFAZ-DF

A prova do concurso SEFAZ-DF é dividida em duas partes:

  1. Prova Objetiva
  2. Prova Discursiva

Vejamos agora as disciplinas de cada uma delas:

Prova Objetiva

Conhecimentos Gerais (80 questões):

  • Língua Portuguesa
  • Matemática Financeira/Estatística/Raciocínio Lógico
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Direito Empresarial/Penal/Civil
  • Tecnologia da Informação
  • Contabilidade Pública
  • Economia e Finanças Públicas

Conhecimentos Específicos (80 questões):

  • Direito Tributário
  • Legislação Tributária
  • Auditoria Fiscal
  • Contabilidade Geral e de Custos
  • Direito Financeiro

Prova Discursiva

  • 2 questões sobre os Conhecimentos Específicos (acima)
  • 1 Dissertação sobre os Conhecimentos Específicos (acima)

Estratégia para a aprovação

Estratégia para a prova do Concurso SEFAZ-DF

Agora vamos analisar o peso de cada uma das partes do conteúdo programático. Primeiro, é importante considerar o seguinte:

  • A prova objetiva de Conhecimentos Gerais terá uma nota final entre 0 e 10 pontos e tem peso 1.
  • A prova objetiva de Conhecimentos Específicos terá uma nota final entre 0 e 10 pontos e tem peso 3.
  • A prova Discursiva terá uma nota final entre 0 e 10 pontos e tem peso 2.

Traduzindo, podemos dizer que as provas valem o seguinte:

  • A prova de Conhecimentos Gerais vale 10 pontos.
  • A prova de Conhecimentos Específicos vale 30 pontos.
  • A prova Dissertativa vale 10 pontos.

Como na prova Dissertativa caem os conteúdos de Conhecimentos Específicos, podemos afirmar que temos 10 pontos de conhecimentos gerais e 40 pontos de conhecimentos específicos.

Assim, 80% do peso da prova é da parte de conhecimentos específicos. Sem ignorar os conhecimentos gerais (até porque você precisa de 60% de acerto para estar habilitado) a parte de conhecimentos específicos é extremamente prioritária. Foco nessas disciplinas:

  • Direito Tributário
  • Legislação Tributária
  • Auditoria Fiscal
  • Contabilidade Geral e de Custos
  • Direito Financeiro

Os melhores materiais para estudar (e baixar em PDF!)

Um concurso que lhe leva a uma carreira de remuneração superior a R$22 mil reais exige uma preparação de muita qualidade. Além do nível da prova ser bastante alto, os concorrentes que disputarão uma das 120 vagas também são de alto nível.

Por isso recomendo que você estude diariamente, o máximo de horas que conseguir, criando uma rotina estruturada, organizada e disciplinada de estudos.

Quanto mais você estuda, mais seu corpo e sua mente se acostuma a estudar – e mais eficiente você se torna na preparação.

Nesta preparação diária, inclua a resolução de questões de concursos anteriores, para que você aprenda a responder questões. É bastante comum que os candidatos aprendam o conteúdo do concurso e não consigam responder as questões, simplesmente porque não têm a prática de responder provas. Treinar é fundamental!

Mas tudo isso não vai adiantar se você está estudando por um material desatualizado, incompleto, ou que possui conteúdo desnecessário.

Sugiro que você escolha um curso e/ou apostila que tenha todo o conteúdo programático do Concurso de Auditor Fiscal da SEFAZ-DF. Por quê?

Porque assim você não estuda nada além do que está previsto – nem deixe pra trás conteúdos que cairão na prova.

Entre os materiais atualmente disponíveis no mercado, considero o material a seguir a melhor opção, utilizado por muitos candidatos de alto desempenho em concursos, 100% confiável:

(Você pode devolver em até 30 dias o material caso não goste do conteúdo)

Apostila e Curso Concurso SEFAZ-DF

Com seu material completo em mãos, sugiro agora que baixe o edital do concurso e mais as apostilas complementares a seguir, que vão lhe ajudar a criar diferenciais em assuntos-chave do concurso de Auditor Fiscal do Distrito Federal:

Bons estudos!

O que aprendemos neste artigo

Hoje nós conversamos sobre o concurso de Auditor Fiscal da Secretaria da Fazenda do Distrito Federal – Concurso SEFAZ-DF.

Vimos cada detalhe da estrutura do concurso, além de dicas pouco conhecidas para uma preparação de qualidade, e materiais para download em PDF.

Nos ajude com sua gratidão!

Como contribuição 100% gratuita pelo conteúdo que acabou de ler, peço que deixe um comentário sobre o conteúdo.

Pode ser uma crítica, elogio ou sugestão, para que possamos saber se o trabalho aqui no site está sendo bem-sucedido.

Faço questão de ler cada comentário, e respondo na primeira oportunidade possível.

Até a próxima!

😉